Acadêmicas de Psicologia da URI desenvolvem atividade de inclusão digital com idosos

       Sabe-se que o envelhecimento populacional é uma realidade no mundo pós-moderno em que vivemos, assim como a presença cada vez mais frequente da tecnologia na vida das pessoas. Por muito tempo envelhecer significou estar à margem da sociedade, no entanto, cada vez mais, tem-se pensado em envelhecer com qualidade de vida.

        Analisando tais aspectos, as acadêmicas do 5º semestre de Psicologia, Ana Kubiak, Eduarda Fávero, Caroline Agostini e Marjane Bampi, desenvolveram uma atividade de inclusão digital para a terceira idade, proposta pela disciplina de Psicologia e Aprendizagem, ministrada pela professora Jacqueline Enricone, a partir da metodologia da problematização.

        A atividade foi realizada no dia 07 de junho com o grupo de idosos do Instituto Anglicano Barão do Rio Branco e teve por objetivos observar e compreender a relação dos idosos com a tecnologia, relacionando tais aspectos com a aprendizagem humana, além de estimular a inclusão dos idosos no mundo digital.

        As acadêmicas proporcionaram um momento de discussão e reflexão acerca do uso de aparelhos eletrônicos e da possibilidade de aprendizagem em qualquer idade. Elas também ressaltaram a importância dos cuidados com a memória, incentivando os idosos a manterem-se sempre ativos, além da necessidade de estabelecerem relações humanas de qualidade, aspectos que têm apresentado resultados positivos para a saúde de modo geral.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais