Som alto e discussão seriam as causas de homicídio em Erechim

Relato do delegado titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), Germano Alves Lima, e informações fornecidas pela Brigada Militar na manhã desta segunda-feira, 25 de junho, buscaram esclarecer as circunstâncias dos fatos que resultaram na morte de Fernando Volpi, 24 anos, no final da tarde de sábado, 23 de junho em Erechim.

Os fatos divulgados pelo delegado são os que foram registrados em ocorrência na DPPA e apontam que Nelcir César Mariani, 36 anos, teria ido até a residência reclamar do som alto na casa da família Volpi. A reclamação teria gerado uma discussão com Fábio Volpi, 23 anos, que acabou baleado em uma das pernas. Fernando Volpi, 24 anos, irmão de Fábio, teria então se envolvido e foi alvejado por um tiro na cabeça. Ele chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu.

Foi preso por policiais militares, na via pública, um homem com uma arma em punho. Ele supostamente teria efetuado disparos contra a casa de Mariani, que foi preso logo em seguida e teria confessado o homicídio, alegando legítima defesa.

 

Registro divulgado pela Brigada Militar

“Por volta das 18h30, a sala de operações da Brigada Militar recebeu informação de uma tentativa de homicídio na Rua Leonildo Ronchetti, Bela Vista. Uma guarnição da Brigada Militar estava próxima ao local e ao aproximar-se do local do fato os policiais ouviram alguns disparos de arma de fogo.

Visualizaram então um homem com uma arma em punho, efetuando a abordagem e prisão do mesmo, que informou ter apenas defendido seus amigos de um vizinho que teria deslocado até a casa destes amigos e efetuado disparos de arma de fogo contra dois irmãos. Foi apreendido com o mesmo um revólver calibre 32, com 5 munições deflagradas e sete intactas. Em seguida familiares das vítimas dos disparos indicaram onde seria a residência do autor dos disparos e onde o mesmo estaria. A guarnição efetuou contato com o autor e o mesmo entregou-se e entregou também a arma utilizada, um revólver calibre 38 com 4 munições deflagradas e uma intacta.

As vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Santa Teresinha para atendimento médico, porém uma das vítimas dos disparos de 24 anos de idade acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito. O irmão do mesmo que foi atingido em uma das pernas foi atendido e passa bem. Diante dos fatos o autor do homicídio de 36 anos de idade foi preso e encaminhado a Delegacia de Polícia. O autor dos disparos de arma de fogo contra o autor do homicídio, de 23 anos de idade, também foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante para ambos, que após serem ouvidos foram encaminhados ao Presídio Estadual de Erechim, onde permanecem à disposição da justiça”.

Fotos: BM Divulgação

Comentários estão fechados.