50 anos do ensino superior em Erechim são celebrados em sessão solene

O plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Erechim recebeu, na noite da última quarta-feira (24), um grande tributo à educação e aos educadores. A partir de proposição do vereador Flavinho Barcellos (PDT), foi realizada a terceira sessão solene do Poder Legislativo em 2019, em homenagem aos 50 anos da implantação do ensino superior na Capital da Amizade. A fim de prestar reconhecimento a pessoas e instituições, os parlamentares entregaram a Comenda Boa Vista do Erechim – Centenário a quem fez parte desta rica história. Além das homenagens, a sessão contou com a apresentação o Grupo Artístico Big Band Comunitária da Universidade de Passo Fundo (UPF).

Receberam a comenda a UPF, representada pela reitora Bernadete Maria Dalmolin; a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), representada pelo reitor Arnaldo Nogaro; o advogado e presidente do Diretório Central dos Estudantes à época do primeiro centro universitário de Erechim Jayme Antonio Pereira; Dilson Spinato, representado pela esposa Mary Spinato; Dom Demétrio Valentini, representado pelo padre Antoninho Valentini Neto; Dom Girônimo Zanandréia, representado por Itacir Madalozzo; Dorvalino Franzon, representado pela esposa Eunice Cecília Franzon; Irany Jaime Farina, representado pelo irmão Jacyr Carlos Farina; Irmão Waldomiro Bettoni, representado pelo professor Ernesto Cassol; e Maria Rosinha Donida. Também foi homenageado o advogado e professor Guilherme Barp, coordenador do primeiro centro universitário local, a quem foi concedido o Troféu Castelinho.

Em seu discurso na tribuna, o parlamentar proponente da solenidade resgatou um pouco dos acontecimentos que culminaram na chegada das primeiras faculdades ao município. “A situação educacional exigia com urgência a implantação do ensino superior em Erechim, e foi o que aconteceu, já que essa bandeira se tornou uma constante entre políticos, educadores, lideranças e comunidade”, destacou Flavinho. Em março de 1969, o Centro Universitário do Alto Uruguai, extensão da UPF, deu início às primeiras aulas, marcando o início de uma trajetória que só ganha força com o passar dos anos. “É com imensa alegria e emoção que comemoramos as cinco primeiras décadas do ensino superior em Erechim. O propósito deste relato é resgatar as belas façanhas de pessoas que influenciaram a vida e história de uma região inteira”, completou.

Comentários estão fechados.