Assuntos relacionados a Pasta da Saúde são analisados na Capital

Nesta segunda feira, 23, o secretário adjunto de Saúde, Jackson Arpini, esteve reunido em audiência com o secretário estadual da mesma pasta, Francisco Paz, em Porto Alegre.

Na pauta do encontro na Secretaria Estadual de Saúde (SES) as ações de promoção e prevenção para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, a situação da Unidade de Pronto Atendimento de Erechim e os hospitais de pequeno porte, assunto de relevância regional para a área de abrangência da Associação de Municípios do Alto Uruguai (AMAU).

O secretário adjunto entregou documentação solicitando atenção especial aos recursos atrasados por parte da SES à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), referentes aos anos de 2014, 2015, 2016 e 2017, que acumulam o montante de, aproximadamente, R$ 2.700.000,00. Também protocolou expediente com relação ao incentivo financeiro da FHSTE, referente ao mês de fevereiro, no valor aproximado de 1.600.000,00, que igualmente está atrasado, o que compromete a gestão financeira da Secretaria Municipal de Saúde de Erechim.Francisco Paz manifestou que até o final do mês o incentivo será devidamente pago, que a intenção é saldar todos os compromissos pendentes e que estes dependem de impacto orçamentário. Para Jackson Arpini a reunião foi produtiva. “A sinalização do secretário em relação aos pagamentos nos tranquiliza, partindo do pressuposto que necessitamos recursos dos entes parceiros para efetivar as ações e serviços de saúde, seja da atenção básica, secundária ou terciária.

Em sua estada na Capital, o secretário adjunto de Saúde também visitou a Casa de Apoio mantida pela Prefeitura de Erechim para dar suporte a pacientes em tratamento fora de domicílio. São usuários referenciados pela SMS para tratamento em hospitais de maior complexidade ou em especialidades que não estão disponíveis pela rede SUS a nível municipal. A administradora da unidade, Neuza Alves da Silva, e os dirigentes analisaram demandas do serviço como logística, hospitais de referência, estrutura física, necessidades prioritárias e pontos que precisam ser melhorados.

 

Comentários estão fechados.