Rios Ligeirinho e Leãozinho estão praticamente mortos

 

Dentre as informações que chegam a todo momento relacionadas ao coronavírus, a estiagem também preocupa e castiga Erechim e a região. Na manhã desta quarta-feira (25), alguns dados proferidos pelo gerente da Corsan de Erechim, Ivo Sobis, assustam e nos colocam em alerta devido a escassez de chuva e o calor excessivo.

Conforme Sobis, a barragem está 1m e 54cm abaixo do nível normal e o ponto crítico é 2m e 40 cm. Isso significa, que não estamos distantes dessa realidade.

“Em uma semana a água baixou em torno de 10cm na barragem. Se não tivéssemos a transposição do Rio do Cravo, com 260 litros de água por segundo, a dias estaríamos sem água. O nível do rio Campo diminuiu muito e os rios Ligeirinho e Leãozinho, estão praticamente mortos” salientou o gerente da Corsan.

Sobis pede para que a população economize, não lave calçadas, carros e casas. “Recebemos várias denúncias, as pessoas estão fazendo tudo aquilo que não faziam antes, lavando roupas de inverno. Diante da pandemia, se tiver racionamento, será muito complicado manter a higiene pessoal”, finalizou.

Por Carla Emanuele e Egidio Lazzarotto 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais