Hoje é dia de clássico: Ypiranga recebe o Passo Fundo

Neste domingo, 25 de março, às 16h, o Ypiranga encara o Passo Fundo, pela quinta rodada da Divisão de Acesso, no estádio Colosso da Lagoa. A partida marca o reencontro de dois históricos rivais do norte do Rio Grande do Sul. O último confronto entre as duas equipes foi realizado na segunda rodada do Campeonato Gaúcho do ano passado. No placar: vitória por 2 a 0 para o Passo Fundo em pleno colosso. Na época, os únicos três pontos certos que a direção e comissão técnica projetavam eram contra o Galo do Planalto, no entanto, o tiro saiu pela culatra e o Ypiranga sofreu a mais dura derrota da temporada.

Na partida deste final de semana as duas equipes vivem momentos semelhantes de reconstrução. O Ypiranga, apesar da queda, é um clube que disputa competições nacionais e está mais acostumado a desafios maiores. Já o Galo do Planalto vem tentando, sem êxito, ser destaque no cenário regional para alçar vôos mais altos. As duas equipes são apontadas como favoritas para disputar as duas vagas na elite do futebol gaúcho. A partida deste domingo será a oportunidade para o time de Márcio Nunes vencer, convencer e disparar na ponta da tabela de classificação.

A falta de um camisa 10

Um dos maiores problemas do time do Ypiranga em 2018 é a figura de um camisa 10 criativo. No grupo atual, três jogadores disputam a posição: Márcio Reis, Júlio Abu e Anderson Feijão, porém, até agora nenhum deles conseguiu ser este jogador da criação. Na estreia da Divisão de Acesso, contra o Esportivo, Abu iniciou a partida. Com a bola no pé, Júlio Abu tem qualidade, mas, parece estar lento para exercer tal função. Márcio Reis estreou contra o Glória e teve alguns bons momentos. Na partida contra o Tupi pouca coisa fez e foi apenas esforçado, nada além disso. Já Anderson Feijão até tem alguns lampejos quando entra, mas também está aquém de suprir essa carência. Acredito que buscar um camisa 10 no mercado seria importante, mas caso não seja possível, acredito que Márcio Reis deverá ser mantido na posição.

Maratona de jogos

A partida contra o União Frederiquense, na última quarta-feira, dia 21 de março, deu início a maratona de jogos do Ypiranga nos meios e finais de semana. Apesar do desgaste que o Canarinho terá pela sequência de jogos, na metade do próximo mês inicia a Série C do Campeonato Brasileiro e a sequência de viagens. Nas mãos do preparador físico, Alexandre Andreis, uma coisa é certa: perna não vai falar para o time. Por outro lado, a pergunta que fica é: o atual grupo dará conta das duas competições? Reforços seriam necessários para encorpar o grupo, mas a falta de recursos para contratar pode ser um dos maiores empecilhos.

Por Fábio Lazzarotto

Comentários estão fechados.