Ponto positivo para o governo municipal

Desde o início do ano estou percorrendo as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade e conversando com usuários dos locais e nenhum reclamou sobre falta de medicamentos, sendo que em boa parte do ano passado eram inúmeras as reclamações que chegavam à recepção da Rádio Cultura e do Jornal Boa Vista.

As últimas queixas que chegaram a nós foram em novembro de 2017, devido a falta de Omeprazol. Portanto, a promessa do secretário municipal de Saúde, Décio Nonemacher, de que não haveria mais falta de medicamentos, foi cumprida.

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais