Atletas de karatê de Erechim estão entre as melhores do Brasil

Heloísa Inseschi foi campeã de todas as competições que participou em 2017 e Cristiane Babinski ficou no topo do Ranking Nacional de Karatê e entre as quatro melhores do mundo

As atletas Erechinenses de Karatê,  Cristiane Babinski e Heloísa Inseschi, estão entre as melhores atletas do país. A atleta Heloísa de 14 anos, faz parte da Seleção Gaúcha e da Seleção Brasileira de Karatê juvenil e foi campeã de todas as competições que participou neste ano:  Ouro no Campeonato Estadual JKA, Ouro no Campeonato Estadual Tradicional, Ouro nas Olimpíadas Escolares, Ouro na Copa Goshinkai, Ouro no Campeonato Sul Sudeste e Ouro no Campeonato Brasileiro de Karatê JKA. A atleta é faixa marrom de Karatê e pratica Karatê a mais de 5 anos, treina Karatê todos os dias da semana, é estudante e instrutora auxiliar de Karatê. Com os títulos conquistados foi convocada para disputar o Campeonato Mundial de Karatê na Irlanda neste ano mas não pode participar por falta de recursos financeiros e de patrocinadores, a atleta relata que uma das maiores dificuldades encontradas dentro do esporte é a falta de apoiadores. 
De acordo com Heloísa o Karatê é muito importante em sua vida “O título mais importante neste ano foi o de Bicampeã Brasileira, a maior dificuldade sempre é o patrocínio, meus objetivos são me tornar uma faixa preta, ir para um Mundial e viajar o mundo com o karatê, meus planos para 2018 são treinar muito, melhorar, ter um maior aprendizado e mostrar o que eu treino nas competições com boas participações.”
Rosmari Insechi, mãe de Heloísa, comenta que “A Heloísa sempre foi uma pessoa determinada a fazer o que gosta e no Karatê encontrou apoio pra seguir em frente  cada vez mais, ir para os campeonatos onde consegue demonstrar o que aprende nos treinos. Com os compromissos ela se torna mais dedicada, responsável e consegue sonhar com um futuro no Karatê.”
Heloísa é aluna da Sensei Cristiane Babinski que relata “A Heloísa desde que começou no Karatê mostrou-se muito interessada, disciplinada nos treinos e muito assídua, com o passar dos anos foi evoluindo tecnicamente e hoje tem conquistado título grandiosos dentro do Karatê e mostrando que tudo é possível quando se tem persistência e foco em seus objetivos. Parabenizo-a pelos seus resultados e pela dedicação em tudo que faz.”
Cristiane Babinski além de Instrutora de Karatê também é atleta da Seleção Gaúcha e da Seleção Brasileira de Karatê e está entre as líderes do Ranking Nacional de Karatê, este ano conquistou títulos muito importantes a nível nacional e internacional: Campeã Estadual, Campeã Sul Sudeste, Penta Campeã Brasileira e 4º lugar no Campeonato Mundial na Irlanda. A atleta representa o Brasil por Equipes juntamente com as atletas Hannah Aires de Porto Alegre e Manuela Spessato   de Passo Fundo, juntas foram as primeiras mulheres brasileiras a chegarem em uma final do Campeonato Mundial em 2014 no Japão e este ano ficaram entre as 4 melhores equipes do mundo no Campeonato Mundial na Irlanda. Com isso a atleta ressalta a importância da mulher dentro das artes marciais e as barreiras que ainda precisam ser quebradas para a valorização da mulher dentro do esporte “As mulheres no Karatê tem conquistado seu espaço e quebrado diversos tabus, hoje vem conquistando diversos títulos importante no Karatê e buscam reconhecimento dentro desta prática”. 
Cristiane já está planejando seus treinamentos para 2018 e comenta “Todo ano faço uma revisão de todas as coisas positivas que aconteceram e busco verificar tudo que posso melhorar e evoluir para o ano seguinte, para 2018 meu objetivo é treinar muito e conquistar uma vaga para participar do Campeonato Sul Americano de Karatê em Lima no Peru.”
Cristiane é praticante de Karatê a 17 anos, é faixa preta 2º dan e técnica da Seleção Gaúcha Infantil. Atua como Instrutora de Karatê em Erechim e região e está com as matrículas abertas para novos alunos em 2018.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.