Getúlio Vargas está próximo de um lockdown, caso não haja redução nos casos de coronavirus, afirma prefeito Soligo

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

De acordo com as informações colidas junto ao prefeito Maurício Soligo na manhã de hoje, terça-feira, dia 24, de momento as medidas tomadas pela administração municipal de Getúlio Vargas diante da situação percebida nos últimos dias devido ao aumento considerável de casos ativos de coronavirus em toda a região e especialmente no município, são no sentido de evitar a aglomeração de pessoas e fazer com que todos usem as precauções já amplamente divulgadas.

Essa semana servirá de parâmetro para a próxima, onde, não havendo uma estabilização ou até uma queda no número de casos ativos, incluindo as internações hospitalares, poderá ocorrer o lockdown, ou seja, o fechamento geral, em condições de bandeira preta.

Desta forma já está ocorrendo uma ampla fiscalização no comércio em geral, especialmente bares, restaurantes e demais estabelecimentos, assim como em via pública, para dispersar qualquer tipo de aglomeração e não adoção das medidas protetivas como o uso de máscara e álcool em gel entre outras.

Ainda conforme Mauricio, o Parque Municipal das águas foi novamente interditado devido ao grande número de pessoas que estavam se juntando no local e realizando festas particulares, o que vinha no sentido contrário às orientações.

O prefeito comenta também que esses cuidados são imprescindíveis para evitar o lockdown nos próximos dias. A junção de pessoas ao longo da Avenida Severiano de Almeida, principalmente nas noites de final de semana, será outra restrição necessária, com presença policial no local, assim como outros pontos que possam ocorrer o acúmulo de pessoas.

Segundo Soligo, é preciso que todos entendam e colaborem nesse sentido para evitar o pior.

Fonte: Tribuna Getuliense

Get real time updates directly on you device, subscribe now.