Getúlio Vargas tem um dos trinta e cinco melhores projetos de Educação Fiscal do Brasil e um dos três melhores do Estado

A Administração Municipal de Getúlio Vargas, através do trabalho intersetorial da Secretaria Municipal de Educação Cultura e Desporto e Secretaria Municipal da Fazenda, articulam, desde 2010, o projeto municipal de Educação Fiscal.

O projeto intitulado, “Educação Fiscal: uma (trans)formação social”, tem como objetivo geral a sensibilização dos munícipes acerca do valor social dos tributos, ou seja, a importância da contribuição e os retornos que são gerados a partir da adimplência tributária. Sendo assim, o projeto tem atuação principalmente nas escolas municipais, pois se entende que os estudantes são disseminadores do projeto em suas famílias e círculos de convívio. Assim sendo, o Grupo Municipal de Educação Fiscal, composto por servidores das Secretarias já mencionadas, escreve anualmente o projeto municipal no Prêmio Nacional de Educação Fiscal.

Esse ano, mais de 200 projetos a nível nacional foram inscritos, e Getúlio Vargas foi escolhido para a última etapa que escolherá, entre os dias 4 e 5 de novembro, os três melhores projetos do Brasil. Também, o município foi escolhido na triagem estadual, entre 23 projetos finalistas, um dos três melhores que concorrem agora em nível nacional. O projeto municipal conta com o trabalho dos professores municipais nas escolas, debatendo assuntos relacionados ao tema da Educação Fiscal de forma transdisciplinar desde a educação infantil até o ensino fundamental anos finais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais