Edital da concessão de água e esgoto é suspenso em Erechim, por quê?

Esse é o questionamento que eu, você e a comunidade em geral tem se feito nos últimos dias. Na segunda-feira (24), o vereador e líder da bancada do MDB, Rafael Martins Ayub, encaminhou um requerimento de informações ao prefeito Luiz Francisco Schmidt, no intuito de esclarecer porque foi suspenso o edital de concessão de água e esgoto em Erechim.

Reiteradamente o executivo diz que já fomos muito enganados pela Corsan, mas na prática a história parece cada vez mais embaraçosa. A preocupação do vereador e da comunidade, é com relação ao edital que estava “preso” no Tribunal de Contas há mais de um ano e quando foi liberado, relançado, simplesmente foi cancelado. “Foi colocado em stand by, não está mais correndo prazo e ninguém sabe exatamente a razão da suspensão. Sem contar que o fato culmina com outra situação, saber que a municipalidade estaria aguardando mais uma proposta da Corsan, quando já havia definição pelo próprio executivo de fazer a licitação. A Corsan inclusive pode vir a participar, com a igualdade e condição como as demais”, salientou Ayub.

A busca é por respostas, para o vereador não podemos ficar por anos aguardando uma definição. “O edital é a única solução para que possamos cobrar a empresa que vencer o certame e a execução do tratamento de esgoto do município”, finalizou.

Por Carla Emanuele 

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais