“Não sei qual o próximo passo da história de Erechim”, diz André Jucoski

Na manhã desta quarta-feira (24) em entrevista à Rádio Cultura, no programa Estúdio Boa Vista, o vereador e presidente do PDT de Erechim, André Jucoski, falou sobre a sua candidatura a Deputado Federal, trabalho enquanto vereador e ajustes necessários no atual governo.

Jucoski agradeceu os votos em 256 municípios enquanto candidato a deputado. “Agradeço todas as pessoas que de uma forma ou outra acreditaram no meu projeto, fiz votos em todas as regiões do Estado. O Alto Uruguai sai fortalecido dessa eleição, pois conseguimos segurar uma quantidade expressiva de votos na região, houve uma oferta de pessoas, sendo assim, foi possível olhar para o lado e escolher”, disse.

Ainda comentou saber das limitações do cargo de vereador, mas que é preciso fiscalizar. “A política como um todo tem cessado o diálogo. Em Erechim, perdeu-se a arte de comunicar. A comunicação é praticamente nula, eu não lembro a última vez que conversei com o prefeito. Acredito que o processo democrático se faz com diálogo, mas meu partido não tem sido consultado. Quando um projeto chega na câmara a discussão poderia ser maior, mas isso não acontece.  Falo tanto em comunicação, pois sei que o meu mandato precisa melhorar, trabalho exaustivamente em muitos projetos, mas falho na divulgação, as pessoas, por vezes, não sabem o que estou fazendo”, enalteceu.

Para o vereador uma administração pública tem que ser clara para a comunidade. “Vejo que várias questões no executivo precisam melhorar, é preciso planejamento, não sei qual o próximo passo da história de Erechim. Não é disputa de cargo, mas é o retorno a comunidade. Precisamos evoluir, trabalhar com projetos concretos, não podemos ver nosso filho arrumar a mala e ir embor, por não ter dado condições de ficar no nosso município”, finalizou.

Por Carla Emanuele 

 

 

Comentários estão fechados.