Emerson Schelski apresenta moção de apoio a projeto de lei que revoga pensão de ex-governadores

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Na última semana, os parlamentares do Legislativo erechinense aprovaram um pedido de moção de apoio apresentado pelo vereador Emerson Schelski (PSDB) referente a um projeto de lei do deputado estadual Pedro Pereira (PSDB), que revoga a concessão de pensões vitalícias a ex-governadores do Rio Grande do Sul.

De acordo com o edil, a crise financeira pela qual o estado passa há anos exige que uma série de medidas sejam tomadas visando maior responsabilidade com o dinheiro público. “São nove ex-governadores e quatro viúvas que recebem esse subsídio mensal. Essa concessão vitalícia afronta os princípios republicanos, da impessoalidade e moralidade, conforme previsto na Constituição”, destaca Schelski. Atualmente, tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) ações contra o mesmo benefício em estados como Acre, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia e Sergipe.

Desrespeito com a população – Cada ex-governador recebe o benefício mensal no valor de R$ 30.471,11. Para Schelski, estes valores poderiam ser melhor utilizados caso fossem direcionados a áreas de grande interesse da população. “Tendo conhecimento da crise que enfrentamos em nosso estado, com servidores recebendo parcelado, repasse a hospitais em atraso, recursos para a educação escassos, estradas em péssimas condições, encaminhamos esta moção de apoio à aprovação do projeto do deputado Pedro Pereira”, enfatiza o vereador.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais