André Jucoski sugere projeto que altera o critério para contratação de coordenadores pedagógicos nas escolas municipais

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Na última sessão ordinária do Poder Legislativo erechinense, o vereador André Jucoski (PDT) sugeriu ao Poder Executivo a criação de um projeto de lei referente à contratação de coordenadores pedagógicos nas escolas municipais. Atualmente, somente escolas que tenham acima de 100 alunos podem contar com o referido cargo. A partir do pedido do parlamentar, ficaria estabelecido que instituições de ensino com mais de 50 estudantes já poderiam ter esse profissional em seu quadro de funcionários. Após a leitura no plenário da Câmara, a sugestão foi enviada ao setor competente da Prefeitura Municipal.

De acordo com o edil, a coordenação pedagógica é indispensável em qualquer escola municipal que atenda Educação Infantil, Ensino Fundamental e Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEJA). “Este cargo não pode estar limitado ao número de estudantes matriculados, uma vez que todos têm direito ao suporte pedagógico de qualidade”, avalia Jucoski, destacando o importante papel destes profissionais tanto para professores quanto alunos. “O coordenador tem como responsabilidade a elaboração, reestruturação e implementação do Projeto Político Pedagógico, visando à qualidade do trabalho dos professores dentro da sala de aula e também pela relação sadia entre docentes e alunos”, completa.

Como exemplo das dificuldades enfrentadas por instituições que ainda não têm coordenador pedagógico, Jucoski cita o caso da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jaguaretê. “Após uma visita, verificamos a necessidade de possuir uma coordenação pedagógica para melhorar ainda mais o trabalho e encontrar soluções para alguns problemas observados na escola”, afirma o vereador.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais