AMAU vem a público se solidarizar e apoiar o movimento iniciado pelos caminhoneiros

Movimento este que hoje recebe adesão dos Agricultores, Indústria, Comércio, Prestadores de Serviços e dos Poderes Públicos Municipais

Na tarde desta quinta-feira (24), a Associação de Municípios do Alto Uruguai – AMAU emitiu nota pública em apoio ao movimento iniciado pelos caminhoneiros.

NOTA PÚBLICA

A Associação de Municípios do Alto Uruguai – AMAU, entidade representativa de 32 (trinta e dois) Municípios do Alto Uruguai, preocupada com os efeitos negativos da constante alta dos preços dos combustíveis no setor público e nos setores produtivos de nossa sociedade, vem a público se solidarizar e apoiar o movimento iniciado pelos Caminhoneiros, movimento este que hoje recebe adesão dos Agricultores, Indústria, Comércio, Prestadores de Serviços e dos Poderes Públicos Municipais.

A AMAU entende que a manifestação pacífica e democrática é o melhor instrumento para demonstrar que nossa sociedade não pode suportar mais este fardo.

Nossos Municípios já padecem com a falta de recursos e o constante aumento do preço dos combustíveis compromete todo o planejamento financeiro e orçamentário, reduzindo a capacidade de operação, dificultando a manutenção de programas públicos de fomento à agricultura, indústria e comércio e encarecendo serviços públicos essenciais como os de transporte de pacientes e estudantes.

Desta forma, em apoio ao movimento, a AMAU respaldando posição também deliberada pela FAMURS convoca os Municípios associados a aderirem, na sexta-feira dia 25/05/2018, à paralisação total de veículos das frotas municipais, exceto os serviços de transporte da saúde.

Desde já pedimos para que nossa população do Alto Uruguai compreenda a dimensão do movimento e a imperiosidade do apoio dos Municípios, eis que, hoje o maior prejudicado pelos constantes aumentos dos preços dos combustíveis é o POVO, sendo nosso dever DEFENDÊ-LO.

 

Comentários estão fechados.