RGE troca 1.141 postes de madeira por concreto em Erechim

Obras foram realizadas no ano passado e fazem parte do investimento de R$ 7 milhões feito pela distribuidora no município

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A RGE, distribuidora do Grupo CPFL, executou obras na rede elétrica de Erechim que totalizaram R$ 7 milhões em 2018. A concessionária fez ações de reforço e modernização das redes de distribuição de energia, principalmente com a troca de postes e instalação de novos equipamentos.

Foram substituídos, no ano passado, 1.141 postes de madeira por novas unidades de concreto no município, instalado um novo religador automático e construídos 18 Km de rede com cabos protegidos, multiplexados e rede compacta, que possui espaçadores entre os condutores, o que dificulta que um toque no outro em dias de vento, diminuindo as interrupções no fornecimento de energia.

Já os religadores automáticos permitem que a energia seja religada de forma remota nas situações em que as interrupções acontecem sem danos físicos na rede. Isso reduz o tempo de espera pelo cliente. Porém, nos casos em que a rede elétrica acaba sendo danificada, há a necessidade de deslocar equipe para fazer o conserto.

Em Erechim existem, atualmente, 27 religadores em operação. Esses equipamentos também auxiliam o Centro de Operações, localizado em São Leopoldo, na execução de manobras de carga, necessárias quando há um desligamento para obra programada ou emergencial. A manobra permite que a energia seja direcionada às redes de baixa tensão e chegue aos clientes por meio de outros circuitos.

Alinhada ao Planejamento Estratégico do Grupo CPFL Energia, a RGE encerrou o ano de 2018 com investimentos de R$ 779 milhões nos 381 municípios de sua área concessão. Neste período, a concessionária substituiu 77.632 mil postes de madeira por concreto.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais