Irresponsabilidade dos órgãos públicos pode causar novas tragédias em Erechim

Em quatro locais no prolongamento do perímetro urbano da BR 153, em Erechim, está prestes acontecer novas tragédias pela irresponsabilidade dos órgãos públicos, quem devia zelar pela população. Um dos casos é o semáforo embaixo da elevada da BR 153 que dá acesso ao Distrito Industrial, que está sem funcionar a mais de uma semana. Por este local, trafegam centenas de pessoas que trabalham e residem naquela região e muitas vezes, ficam sem saber o que fazer em meio a tanta confusão no trânsito.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) alega que a responsabilidade é do município, enquanto a prefeitura diz que já foi devolvida a manutenção ao DNIT.

Outro local perigoso é o trevo do Bairro Atlântico, onde foram retiradas as lombadas eletrônicas, com isso, aumentou desenfreadamente o excesso de velocidade. Quem reside e trabalha nas proximidades pede atenção redobrada e alerta para acidentes.

O terceiro problema é a baixada do Menno, onde tem entrada e saída do Bairro Progresso e foi removido o controlador eletrônico de velocidade. Se não bastasse, o trevo do Aeroporto também preocupa, pois tem uma escola nas imediações e, historicamente pais e moradores solicitam um acesso seguro ao espaço escolar.

Por A Redação

Comentários estão fechados.