Falta de uma política habitacional e as invasões

Estão ocorrendo inúmeras pequenas invasões de área em Erechim, principalmente ao redor do prolongamento dos trilhos da rede ferroviária, que está abandonada há décadas. Devido a invasões anteriores, sob os olhos das autoridades de nossa cidade, o município precisou assinar um TC na Justiça Federal, que obrigou Erechim a realocar tais famílias para áreas de loteamentos sociais, mas atualmente, com a falta de uma política habitacional e de fiscalização, e com o aumento do desemprego, várias famílias carentes e também alguns espertinhos, começaram a invadir estas áreas novamente e, no meu entender, a administração pouco está fazendo para resolver este problema social.

No último final de semana, uma pessoa que convive próximo a alguns invasores, me relatou que diversas famílias estão se preparando para a invasão de pelo menos uma área onde já foi realizado despejo na administração passada, nas proximidades da APAE.

No futuro o custo destas invasões será bem maior do que se o município tivesse levando adiante o projeto habitacional iniciado na administração passada, e quem vai pagar esta conta somos todos nós. Aliás, alguém sabe qual é o projeto habitacional do atual governo? Eu não sei, e nunca ouvi falar sobre ele, se é que existe.

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais