Trabalho funcional auxilia Atlântico a prevenir lesões de atletas

Ações ganham foco na pré-temporada e manutenção ao logo do ano

A lesão de um atleta acaba se transformando em um problema importante tanto para o próprio jogador, quanto para o clube em que ele atua. Por isso, o Atlântico desenvolve diversas atividades que visam justamente minimizar este tipo de problema. O objetivo, explica o fisioterapeuta Cerineu Araldi, é atuar na prevenção.

Por isso, amplia ele, alguns trabalhos são realizados desde a pré-temporada, no sentido de auxiliar o atleta a ter uma condição física melhor e também prevenir as lesões. Entre estes trabalhos, está o chamado de funcional e core training. Nele, o atleta participa de um circuito de atividades em diversos aparelhos.

IMG_0192 (Copy)

“O objetivo é atuar no fortalecimento muscular e na propriocepção do atleta. No clube temos esta preocupação em atuar na prevenção de lesões e ao longo dos anos fomos confirmando que, prevenir auxilia a diminuir significativamente a quantidade de lesões”, destaca Araldi.

IMG_0148 (Copy)

“No início de ano, até pelo tempo que temos, há uma intensidade maior deste trabalho funcional e core training. Depois, com o passar dos meses e a quantidade maior de jogos, vamos tentando realizar a manutenção da melhor maneira possível, porque tudo isso auxilia o atleta a se manter melhor condicionado fisicamente e com risco muito menor de sofrer alguma lesão”, completa.

IMG_0125 (Copy)

O Atlântico abriu sua pré-temporada na última segunda-feira, 20. Neste ano, disputará a Supercopa, Liga Nacional e Liga Gaúcha entre as competições oficiais.

Comentários estão fechados.