Cuia elétrica com USB? Invenção argentina promete acabar com chimarrão “lavado”

Uma tecnologia utilizada em celulares e outros aparelhos eletrônicos agora pode impactar o tradicional hábito de tomar chimarrão. O argentino Pablo Damián Gallego criou uma cuia com conexão USB que, ligada à energia elétrica, sobe sua temperatura interior para 60ºC. O aquecimento do recipiente impediria o choque térmico entre água quente e erva fria, processo que deixa o mate sem gosto com o passar do tempo (lavado).

Nossos hermanos argentinos são tão adeptos do matequanto nós, a tradição se repete em casa e em locais de trabalho e lazer. A proposta do chamado “Mate Elétrico” é acabar com a necessidade de trocar a erva de tempos em tempos para seguir tomando o amargo sem alterações no gosto. A  ideia é que a mesma cuia, com a mesma erva-mate dentro, dure um dia inteiro, fazendo com que um chimarrão apreciado pela manhã, ainda possa ser servido pela tarde.

Gallego afirmou ao jornal argentino Clarín que “o importante do Mate Elétrico, mais do que manter a erva-mate na temperatura correta, que ela não se desmanche e que não tenhas que jogar ela fora, é que tu podes voltar a tomar um chimarrão meia hora depois de parar e ele vai estar igual ao primeiro”.

 

Fonte: Zero Hora
Link Notícia

Comentários estão fechados.