Velada em Viadutos e sepultada em Áurea religiosa quase centenária

Ir. Joaquina Samujedem, das irmãs da Sagrada Família de Maria, faleceu neste sábado no Hospital de Viadutos, aos 99 anos, onde foi velada e teve missa de corpo presente na igreja Sagrado Coração de Jesus, presidida pelo Administrador Diocesano e concelebrada pelo Pároco local, Pe. Waldemar Zapelini.

Na homilia, o Administrador Diocesano situou a celebração no contexto do tempo litúrgico do Advento, em que se lembra a história do povo no qual Cristo nasceu, fazendo relação com a família e a comunidade na qual a religiosa falecida sentiu o chamado de Deus para a vida religiosa na Igreja. Ressaltou a importância e a necessidade do cultivo das vocações de especial consagração a Deus e ao sacerdócio nas famílias e nas comu nidades. Convidou a todos a louvarem a Deus pelo dom da vida da Ir. Joaquina, bem como pela Congregação na qual viveu por sua presença enriquecedora na Diocese de Erexim.

Dados biográficos: Ir. Joaquina nasceu em Áurea, no dia 20 de outubro de 1920. Era a segunda dos 12 filhos de Carlos e Estanislava Samujedem. Desde cedo, sentia o chamado de Deus batendo em seu coração. Ingressou na Congregação das Irmãs da Sagrada Família de Maria no dia 22 de dezembro de 1935, como aspirante à Vida Religiosa. Fez sua preparação para a mesma em Curitiba, professando seus votos definitivos de Religiosa no dia 5 de dezembro de 1938, tendo, pois, completado 81 anos de especial consagração a Deus.

Duas outras filhas da família seguiram seu exemplo e também se tornaram religiosas na mesma Congregação.

Ir. Joaquina trabalhou como professora em várias cidades do Paraná e no Rio Grande do Sul. Exerceu o cargo de superiora em comunidades em que viveu. Foi Conselheira Provincial nos primeiros da Província São Francisco de Assis, com sede de Erexim, de 1967 a 1970.

Ela coordenou também a Associação das Filhas de Maria e o Apostolado da Oração. Atuou em diversas pastorais e participou de diversos cursos de formação, especialmente de saúde.

Esteve sempre pronta e disponível para qualquer serviço, inclusive a restauração de imagens desgastadas ou quebradas.

Cultivou especial confiança na Divina Providência, mantendo profunda unidade entre oração e ação.

Depois de viver e atuar em 16 comunidades da Congregação, Ir. Joaquina, em 2013, já idosa e debilitada, passou a residir na Comunidade da Casa Imaculada Conceição em Viadutos, a casa das irmãs idosas.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais