UFFS capacita quase 200 profissionais do Alto Uruguai em curso sobre alfabetização

Formação atendeu professores, gestores de rede de educação básica, egressos e demais interessados

Quase 200 profissionais da educação do Alto Uruguai gaúcho foram beneficiados com um curso de extensão sobre alfabetização, ofertado pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim. Ministrada pela docente Zoraia Bittencourt, a capacitação teve por objetivo contribuir com a formação continuada de professores e gestores da Educação Básica, a partir de reflexões sobre o atual cenário político-pedagógico no campo da alfabetização.

No conteúdo programático foram abordadas as mais recentes mudanças nas legislações referentes ao primeiro ciclo do Ensino Fundamental, especialmente no período de transição do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa para o Programa Mais Alfabetização, e da entrada em vigência da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Também foram discutidas metodologias utilizadas para ensinar a ler e a escrever, analisando discursos tradicionais e recentes na área da alfabetização.

Pensado inicialmente para atender cem participantes, o curso teve tanta procura que a organização ampliou o número de vagas. Em alguns dias, as aulas chegaram a ter 189 participantes.

– Os participantes vieram de Erechim, Getúlio Vargas, Marcelino Ramos, São João da Urtiga, Itatiba do Sul, Três Arroios, enfim, de diversas cidades da região do Alto Uruguai. De alguns municípios chegaram a vir ônibus que traziam quase toda a rede de professores. Houve também a participação de muitos egressos da UFFS, além de gestores de escolas e de secretarias de educação, bem como professores da rede privada e alunos do curso de Magistério da Escola José Bonifácio – conta Zoraia.

– Depois da nossa experiência com a formação de professores pelo PNAIC, que foi um sucesso, considero esse curso como a atividade mais significativa no campo da alfabetização que fizemos aqui na UFFS nos últimos tempos. Impactou nas concepções de ensino, de aprendizagem e de alfabetização dos participantes, levando-os a questionar algumas práticas tradicionais de alfabetização, e, ao mesmo tempo, apresentando uma proposta didática bastante concreta de como ensinar as crianças a ler e a escrever com sentido.

Professora no município de Barão de Cotegipe, Daciane Fátima Betiatto Brustolin foi uma das beneficiadas com a formação ofertada pela UFFS:

– O conhecimento adquirido se mostrou bastante importante. Com toda certeza, o curso foi muito proveitoso e guiará minhas práticas em sala de aula. A professora Zoraia compartilhou muitos dos seus conhecimentos, facilitando o entendimento dos assuntos abordados através da sua explanação concisa e de fácil assimilação, com exemplos práticos de situações do dia a dia. Isto facilitou a internalização das informações apresentadas. O curso nos permitirá desenvolver um trabalho melhor, com mais autonomia e segurança.

A pedagoga Eliana Luísa Chiaradia da Silva, diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental São João Batista De La Salle, também participou do curso e acredita que a formação continuada dos professores é um dos caminhos para o sucesso dos estudantes.

– Procuro estar sempre me atualizando. Toda vez que a UFFS oferece cursos de formação na área, realizo. Com certeza este curso contribuiu muito não só para minha formação pessoal como também para a escola em que atuo – uma vez que o que recebi como sugestão levei para o nosso espaço e estou dividindo com minhas colegas. Tenho muita admiração pela UFFS e principalmente pelos estudantes e professores da Pedagogia – diz Eliana.

Comentários estão fechados.