Como fica a candidatura do André?

Diante deste novo desafio, como fica a pré-candidatura a deputado federal do vereador, agora diretor do complexo da FAE? No dia seguinte ao anúncio oficial de que André Jucoski seria o diretor da Instituição, ele foi o entrevistado na Rádio Cultura e fiquei com a impressão de que está com o coração dividido entre desistir de sua pré-candidatura e se dedicar exclusivamente às instituições e a vereança. Pela importância que os educandários têm na região, tenho certeza de que ele optará pelas instituições e pelo seu mandato de vereador. Por ser um grande defensor da educação e pelo desafio que terá pela frente, acho que irá repensar muito a sua pré-candidatura e também a liderança do governo no Legislativo.
É uma pena que a região perca um candidato do nível de André Jucoski, mas também tem que pensar que ele não pode sentar em duas cadeiras, e neste caso, são várias cadeiras: a da direção da FAE e Barão, a da liderança do governo, a de vereador e a da presidência do PDT. Como diz um provérbio: “Não se pode assobiar e chupar cana ao mesmo tempo”. O Instituto Barão do Rio Branco e a FAE, ao lado da URI, são as principais instituições educacionais da região Norte e Nordeste do Rio Grande do Sul.

 

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.