Programa Bolsa Juventude Rural beneficia jovens da região do Alto Uruguai

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A Emater/RS-Ascar, através do Escritório Regional de Erechim, promoveu uma webconferência, com foco no Programa Bolsa Juventude Rural 2021 na quinta-feira (18/03), com divulgação do programa e orientações operacionais. Participaram jovens, pais, prefeitos, secretários municipais e lideranças regionais.

O encontro virtual foi aberto pelo gerente do Escritório Regional, Gilberto Tonello, que destacou a importância do programa para manter o jovem no campo e a sucessão familiar. As demais lideranças destacaram a importância do programa e desta política pública para os jovens, dentre elas o coordenador Regional da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) Inídio Munari e a titular da 15ª Coordenadoria de Educação, Juliane Bonez.

A coordenadora Estadual de Juventude Rural da Emater/RS-Ascar, Clarice Emmel Böck, juntamente com a extensionista rural Nádia da Rosa, expuseram o programa. Também houve relatos de experiências apresentados pelas extensionistas Marieli Luccas e Andreia Maccari, ambas do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Benjamim Constant do Sul, com o trabalho realizado junto ao público indígena no município.

Na região do Alto Uruguai 18 jovens com idades entre 15 e 29 anos dos municípios de Erechim, Cruzaltense, Três Arroios, Benjamin Constant do Sul, Barão de Cotegipe, Viadutos e Centenários foram selecionados para está edição do programa.

Os jovens terão que desenvolver, com apoio e acompanhamento da Emater/RS-Ascar, projetos Produtivos sustentáveis. Os projetos serão voltados para as áreas de olerícolas, atividade leiteira, ovinocultura, aumento e diversificação de hortigranjeiros para comercialização, produção de hortícolas, e produção para autoconsumo.

O Bolsa Juventude Rural é uma política pública da Seapdr executada pela Emater/RS-Ascar. O programa tem como objetivo estimular a permanência do jovem no campo por meio de bolsas mensais, com recursos oriundos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper). Para concorrer à bolsa o jovem tem que estar matriculado no segundo ou terceiro ano do Ensino Médio em escolas públicas estaduais ou instituições educacionais sem fins lucrativos e de caráter comunitário.

O Bolsa Juventude Rural tem como objetivo dar oportunidade e condições de acesso e permanência no Ensino Médio e de implantação de projetos produtivos sustentáveis, estimulando a sucessão nas propriedades rurais famílias que desenvolvam ou ofereçam curso de ensino médio ou de educação profissionalizante, na pedagógica de Alternância, ter entre 15 a 29 anos, possuir Declaração de Aptidão do Pronaf (DAP) ativa e baixa renda familiar. O valor é de R$ 2mil por jovem rural (pagos em até 10 vezes).

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Erechim

Get real time updates directly on you device, subscribe now.