Riachos estão desaparecendo no interior de Marcelino Ramos e prefeitura decreta situação de emergência

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Os rios e riachos no interior de Marcelino Ramos estão desaparecendo por conta da estiagem prolongada, uma das piores dos últimos anos. Fotos enviadas no final da tarde desta quinta-feira por Cleovane Mazzutti, produtor de laranja, mostram o lajeado Pinhal que é formado por três pequenos riachos que desembocam no Lago da Usina de Itá. As imagens são impressionantes, pois a água praticamente desapareceu ficando apenas um filete correndo. O lajeado é importante para abastecimento, pois caminhões pegam água para levar até as propriedades.

A prefeitura de Marcelino Ramos decretou situação de emergência na quinta-feira. Segundo dados divulgados junto com o decreto a precipitação ao longo deste ano no município é menos da metade da média prevista para este período, com falta de chuva em períodos fundamentais para formação de lavouras, agravando com isso a situação no meio rural. Está faltando água para o trato dos animais e até mesmo para o consumo humano em muitas comunidades com açudes, fontes e riachos secando.

3225454índice
Fonte: Portal de Marcelino Ramos 

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais