Programa Bolsa Juventude Rural beneficia 16 jovens do Alto Uruguai

Mais 16 jovens da região do Alto Uruguai são contemplados com o Programa Bolsa Juventude Rural O programa vinculado à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e acompanhado pela Emater/RS-Ascar visa estimular a permanência do jovem no campo. Faz parte do programa a realização de projetos produtivos com acompanhamento da Emater/RS-Ascar. Os beneficiários do programa recebem bolsas no valor de R$ 2 mil, cujos recursos são provenientes do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimento Rurais (Feaper). Os jovens contemplados são dos municípios de Quatro Irmãos, Severiano de Almeida, Paulo Bento e Benjamin Constant do Sul, sendo nove indígenas.

O programa, que atende jovens estudantes, de 15 a 29 anos, com baixa renda familiar, foi apresentado na quinta-feira (21/11), no Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre) para os jovens, pais, lideranças e extensionistas rurais e sociais dos escritórios municipais da Emater/RS-Ascar envolvidos.

A atividade foi acompanhada pelo gerente regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Gilberto Tonello, pelo adjunto, Marcos Gobbo, pelo coordenador regional da Seapdr, Willian Medeiros, pela extensionista rural social, Nádia da Rosa, pelo prefeito de Quatro Irmãos, Adilson De Valle, pelos secretários da Agricultura de Severiano de Almeida, Dilei Anzoli, de Benjamin Constant do Sul, Airto Franceschi, e lideranças escolares.

O prefeito de Quatro Irmãos, Adilson De Valle, falou em nome dos municípios beneficiados. Ele elogiou o programa. “É muito importante porque precisamos fortalecer a agricultura familiar. Muitas vezes os jovens deixam a propriedade por falta de incentivos”. De Valle agradeceu a Seapdr e a parceria com a Emater/RS-Ascar.

Willian Medeiros destacou a importância de investir no jovem para que ele fique na propriedade e na sucessão familiar. Também destacou a importância da parceira da Emater/RS-Ascar e das prefeituras. “A secretaria da Agricultura tem o projeto e conta com a parceria da Emater na sua execução”, ressaltou.

Gilberto Tonello agradeceu a Secretaria da Agricultura, as prefeituras e demais parcerias e parabenizou os jovens. “Esses projetos serão acompanhados pelos extensionistas e serão um sucesso”.

Na sequência, Nadia da Rosa expôs os objetivos e a operacionalização do programa. Nádia observou que as ações da Extensão Rural focam nas atividades de qualificação, preparando o jovem para sua inserção econômica e social, principalmente nos aspectos referentes à geração de renda, dando ênfase para atividades agrícolas.

Relato de experiência

A extensionista rural social, Daiana de Mattos Taborda, expôs a experiência dos jovens beneficiários do programa no ano anterior, Aline Fantin e Leonardo Tavares, do município de Severiano de Almeida. Daiana observou que Leonardo Tavares elaborou projeto produtivo na propriedade, com adequação e ampliação de açude. Já a jovem Aline Fantin, contemplada na edição de 2018, relatou a experiência com o projeto produtivo desenvolvido na propriedade com a implantação de pastagens. Ela também foi contemplada com o Programa Bolsa Juventude Rural para edição 2019 e contou que os recursos do projeto para o próximo ano vão garantir dar seguimento às ações da atividade leiteira. “Esses dois mil vão se multiplicando na propriedade”.

Em 2018, foram beneficiados na região do Alto Uruguai jovens dos municípios de Centenário, Erval Grande e Severiano de Almeida.

Comentários estão fechados.