Escola Castro Alves de Aratiba será municipalizada

A decisão foi tomada durante reunião entre o Governo de Aratiba, através da Secretaria de Educação, e a comunidade escolar de Três Barras. Pais, professores e a funcionária da escola participaram da reunião que teve, ainda, a presença da Coordenadora  Regional de Educação – CRE, Juliana Bonez e da Secretária Municipal de Educação Marisa Fagundes Rosa.

Por unanimidade o grupo optou por transferir a manutenção do estabelecimento ao Poder Público Municipal. Após diálogo com os envolvidos os pais mostraram-se favoráveis a ação apresentada pela coordenadora da15ª CRE sobre a necessidade de redução de turnos nas escolas em que vem sendo reduzido o número de alunos.

De acordo com a Secretária de Educação, Marisa Fagundes Rosa, o município dará suporte para que a escola continue trabalhando com a educação do campo. “A escola Castro Alves é mais uma que vai trabalhar os princípios que regem a educação do campo, contemplando o Programa “Fica em Aratiba”, o qual tem por objetivo a sucessão familiar,   acenando assim a permanência dos jovens no campo com dignidade”, ressaltou.

Com o repasse da mantença da escola Castro Alves, o município assume a integralidade da Educação do Campo. As escolas da Volta Fechada e São Roque  do Pio X já são de responsabilidade do município.

A secretária disse, também, que este programa está integrado às demais ações do governo municipal voltados à principal vocação de Aratiba que é a agricultura, entre eles o conecta Aratiba; a futura Rota dos Orgânicos e o Pacto pela Agricultura.  “Quando a educação propõe uma ação é porque  esta foi analisada pelo conjunto de objetivos das ações sociais, econômicas e culturais traçadas conjuntamente entre governo municipal  e as demais secretarias”. Ela citou a diretriz do prefeito Guilherme Granzotto, que determina que todas as despesas com educação devem ser encaradas como investimentos e não como gastos. “Assim, a partir de 2020, serão ofertadas oficinas do campo  no contra turno aos estudantes tanto da Castro Alves como da Estadual Dourado”.

Durante a reunião, a secretária também enfatizou que o município está trabalhando para não prejudicar nenhum profissional. Num ofício enviado ao secretário estadual de Educação, Faisal Karam, o município solicita que o estado garanta a colocação dos profissionais em escolas da rede estadual existentes em Aratiba. “As três escolas estaduais vem trabalhando com um quadro restrito, portanto se bem gerenciado o quadro, todos poderão desenvolver suas atividades. Até que conseguimos argumentar o fizemos incansavelmente para que não houvesse a redução de   turnos. Quando isto não foi o suficiente, puxamos para nós responsabilidade, sempre com o olhar voltado ao ser humano e seu pleno desenvolvimento”, finalizou a secretária.

Comentários estão fechados.