Covid-19: taxa de recuperação é a maior desde o início da epidemia regional

Na manhã desta terça-feira, 22, o Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus, reuniu-se para traçar novas ações coletivas de orientação, recomendação e prevenção, face à pandemia do COVID – 19.

BOLETIM INFORMATIVO 23 – 22/09/2020

Ações recomendadas:

1.    Explana sobre as três últimas semanas, sendo que em duas houve a doação da cogestão e, na semana vigente, a deliberação do próprio Sistema de Distanciamento Controlado/RS foi de bandeira laranja, “médio risco”; 

2.    Informa que da Região 16, dos 33 municípios, 30 municípios manifestaram interesse em adotar a cogestão, mediante o “Plano Estruturado de Prevenção e Enfrentamento da Covid”, de acordo com o Decreto nº 55.435/2020;

3.    Explana sobre a deliberação do Sistema de Distanciamento Controlado do RS, que na sexta feira apontou Bandeira LARANJA, médio risco, para a Região 16, com média ponderada de 1,35;

4.    Informa que o Comitê Regional vem aprimorando e aumentando o número de gráficos, para ampliar a Plataforma Regional de Monitoramento (PRM), no sentido de ter dados/informações para orientar com relação a cogestão e monitorar a evolução da epidemia regional;

5.    O Comitê sugere que os Municípios, através das Secretaria de Saúde, retomem as ações e serviços de Atenção Básica, adotando todos os protocolos preconizados de prevenção, considerando que vários serviços estão retornando à normalidade, e nesse sentido, a pasta da Saúde é prioritária;

6.    A FHSTE informa que vem, aos poucos, retomando os serviços da Central de Especialidades, procedimentos de eletivos de trautato-ortopedia e cirurgias. Ressalta que estão retomando as ações em caráter parcial, com oscilações de 40% a 70%, mas com possibilidade, dependendo do andamento e da evolução da epidemia, de ampliação dos percentuais;

7.      Com relação ao último Boletim Informativo, divulgado no dia 21/09, manifesta que os números são positivos. A Taxa de Recuperação está num patamar expressivo, na ordem de 95,61% (maior taxa desde o início da epidemia regional) e os casos ativos no quantitativo de 132;

8.    Informa que está em fase de produção mais um lote de álcool etílico 70%, que será distribuído para todas as secretarias de saúde da Região 16;

9.    Informa que do total dos 34 municípios, 9 municípios estão sem nenhum caso ativo (26,47%), 14 municípios com 01 a 03 casos ativos (41,17%), 8 municípios com 04 a 10 casos (23,52%) e 3 municípios com mais de 10 casos ativos (8,82%);

10.   Mantém a orientação para que a população adote com o máximo rigor as ações de prevenção como: higienização correta das mãos com água e sabão, utilização de álcool gel, não compartilhar talheres, copos e toalhas, ao tossir ou espirrar cobrir o nariz com lenço ou espirar no braço, evitar levar as mãos não higienizadas na boca, nariz e olhos, utilização de máscaras de proteção individual, entre outras, conforme orientações do Ministério da Saúde e das autoridades de saúde;

11.Informa, com relação a falta de insumos (anestésicos e medicamentos) necessários para a assistência dos pacientes internados em UTI, que os hospitais com Alas Covid (HCE e FHSTE)estão com a situação regularizada;

12.O 13ºBPM relata que vem realizando uma força tarefa de fiscalização em conjunto com a Vigilância em Saúde e Secretaria de Desenvolvimento de Erechim, em vários locais e que na última semana evidenciou um aumento no número de denúncias, mas reitera que vem agindo na prevenção e coibindo aglomeração de pessoas; 

13.   Nos municípios em que ainda persiste a aglomeração de pessoas orientamos para que as lideranças busquem coibir essa prática mediante o diálogo permanente e, se for o caso, através da parceria com os serviços de segurança;

14.   Mantém a orientação da utilização da máscara de proteção individual e de evitar a aglomeração de pessoas, prevalecendo a medida preconizada do “Distanciamento Social” (1,5 a 2,0 metros entre as pessoas);

15.   Reitera a posição da “Restrição Social”, para idosos e portadores de doenças pré-estabelecidas, que se enquadram no grupo de risco e que segundo as estatísticas poderão ter um agravamento do quadro clínico;

16.   Chama a atenção para que as lideranças da saúde e outros utilizem ao máximo os veículos de comunicação, para levar as informações pertinentes, bem como para realizar o chamamento da importância da adesão da sociedade na aplicação das medidas preconizadas de prevenção, para evitar a disseminação da Covid-19 e também para não haver troca da cor da bandeira; 

Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus ressalta que muitas medidas se fazem necessárias no sentido de minimizar a contaminação e tem adotado as ações seguindo diretrizes técnicas do Ministério da Saúde.

O momento exige medidas enérgicas, em virtude dos acontecimentos vivenciados em outros países e nos grandes centros, que aos poucos vem se lastrando para outras localidades.

Precisamos, num esforço conjunto e com o aval da população, achatar a curva epidemiológica da contaminação, para que possamos ofertar uma assistência adequada à população.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais