Gregory diz que Atlântico precisa manter trabalho para seguir líder da LGF

O que o Gre-Nal representa para o futebol brasileiro, talvez o clássico entre Atlântico e ACBF represente para o futsal nacional. Um dos maiores clássicos do futsal no País volta a acontecer na próxima quarta-feira, dia 24, quando os dois times se enfrentam em Carlos Barbosa, pela Liga Gaúcha de Futsal (LGF).

Será o primeiro dos três jogos que o Galo fará ainda neste mês pela competição estadual, antes da estréia na Taça Brasil, programada para o dia 5 de agosto. Até lá, o ala Gregory diz que o time deve manter o trabalho que o levou a liderança da LGF, ao vencer o América, na última quinta-feira, por 2 a 0.

Aliás, foi uma semana de dois jogos e duas vitórias no certame estadual. “São resultados importantes, que nos motivam e acredito que devemos seguir com o mesmo objetivo, a mesma vontade, para nos mantermos na liderança”, pontua.

IMG_0873

Para ele, os resultados em quadra são frutos dos trabalhos nos treinamentos diários. “Temos nos esforçado bastante e seguir assim, para que possamos buscar novos bons resultados na Liga Gaúcha e consequentemente, cheguemos bem também para a estréia na Taça Brasil”, completa.

Depois do jogo diante da ACBF, o Atlântico terá no dia 27 em Erechim a Alaf de Lajeado e no dia 29, também no Caldeirão, a Asif de Ibirubá, sempre pela LGF. Estréia na Taça Brasil, no dia 5 de agosto, diante do Minas. Até o fim da Taça Brasil, o Galo não disputa jogos pela Liga Nacional. 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais