Diretoria da ACCIE Gestão 2018/2020 toma posse e comemora os 99 anos da entidade

Solenidade foi marcada por pronunciamentos em defesa da ética, moralidade e decência no poder público e na defesa dos empresários como geradores do desenvolvimento econômico

A nova diretoria da ACCIE – Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim –, Gestão 2018-2020, liderada pelo empresário Fábio Vendruscolo, tomou posse na noite desta sexta-feira, 20 de abril, na presença de grande número de autoridades, entre elas o prefeito Luiz Francisco Schmidt, a Senadora Ana Amélia Lemos, a presidente da Federasul, Simone Leite, o presidente da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Ayub, deputados estadual e federal, presidentes de associações comerciais da região, ex-prefeitos, secretários municipais, vereadores, presidentes de entidades de classe e sindicatos, conselheiros, associados e imprensa.

Também foi empossado o presidente do Conselho Deliberativo. Claudionor Mores assume no lugar de Maximino Tornem que, ao se despedir do cargo fez duras críticas aos governos estadual e federal, à legislação que não é a mesma para o setor privado e público, ao foro privilegiado e defendeu os empresários, que trabalham diuturnamente gerando riquezas e impulsionando o progresso. Maximino fez um apelo aos jovens empresários para que participem da ACCIE e aconselhou: “acreditem em seus sonhos e na intuição de empreender”.

AGRADECIMENTOS

Claudionor Mores, que deixa a presidência da ACCIE após cinco anos, marcou seu pronunciamento com agradecimentos e a comemoração do aniversário de 99 anos da entidade. Segundo ele, chegar aos 99 anos com a vitalidade e o respeito que detém e, seguramente, uma prova inequívoca dos acertos de que todos os seus dirigentes conquistaram ao longo deste tempo, trilhando um caminho vitorioso que se fundo com a história do crescimento e desenvolvimento do centenário de Erechim.

Mores agradeceu ao Conselho Deliberativo pela confiança e permanente apoio a tudo que foi planejado e realizado, cintando, por exemplo, mais de R$ 2,5 milhões de investimentos nestes cinco anos que esteve à frente da Diretoria Executiva, sendo 2.799 metros quadrados de área construída. Segundo ele, com recursos oriundos de novos financiamentos, recursos próprios e de eventos, aproveitamento de materiais, patrocínios e doações, inclusive da Fundação ACCIE, foi dada continuidade a mais uma etapa do projeto de melhoria do Parque, idealizado pelo presidente Jaci José de Lazzari. Teceu agradecimentos à sua Diretoria, aos associados, às entidades co-irmãs, à Federasul, ao Poderes Executivo e Legislativo, aos seus familiares e à equipe técnico-administrativa da ACCIE.

Ao finalizar, Claudionor parabenizou o novo presidente, Fábio Vendruscolo, e afirmou que a ACCIE tem compromisso com o futuro, por isso, precisa estar cada vez mais integrada à sociedade, ser representativa dos empresários e continuar demonstrando, como o faz historicamente, que tem compromisso e respeito com esta terra e seu povo.

RESPONSABILIDADE

Após ser empossado, Fábio Vendruscolo agradeceu a presença de todos e lembrou que a ACCIE sempre atuou na promoção e na defesa dos interesses do setor que representa, porém nunca esquecendo as suas responsabilidades com a comunidade em que está inserida. Destacou que seu nome foi escolhido por consenso para presidir a entidade e, por isso, sua responsabilidade aumenta.

Fábio foi categórico ao afirmar que a entidade não se filia ou se alia a quaisquer partidos políticos. “Nosso alinhamento é com o setor produtivo, com o desenvolvimento de Erechim, do Alto Uruguai Gaúcho, com o Rio Grande do Sul e com o Brasil, com a ética e a decência nos negócios, especialmente para aqueles que digam respeito à administração pública. Criticou os governos que drenam os recursos para pagamento de suas contas, restando quase nada para investimentos geradores de empregos, renda e bem-estar social. “Compreendemos que a democracia pressupõe a existência de governos livres e democraticamente eleitos, mas exigimos seriedade e responsabilidade no trato com a coisa pública”, afirmou.

Ao afirmar que a ACCIE não é partidária, destacou que a região precisa de representantes políticos verdadeiramente comprometidos com a região. “Que daqui se levarem nossos votos, voltem com ações, e que efetivamente nos representem, seja na Capital do Estado ou em Brasília”, sentenciou. Fábio criticou a corrupção sistemática que grassa por todos os segmentos e poderes, mas não se omitiu em reconhecer que sempre que há um corrupto, há também um corruptor e, muitas vezes, vindo da esfera privada. “E isso devemos combater”, reforçou.

Vendruscolo aproveitou para anunciar que a Frinape dos 100 de Erechim está garantida e em fase de gestação, já envolvendo grande número de colaboradores, parceiros e voluntários. “Essa Feira será, novamente, um marco para a volta do otimismo, para o encontro das pessoas, das famílias, das etnias e, quiçá, do rumo para o desenvolvimento”.

MORALIDADE

A presidente da Federasul, Simone Leite, também criticou o momento de crise que assola o país, onde se vê, em todos os lados, maus exemplos: empresários e político corruptos que sujaram as mãos e trouxeram o caos. Governantes irresponsáveis que distribuíram privilégios para poucos em detrimento de todos. Apesar de tudo isso, Simone Leite enalteceu que são os trabalhadores e empresários da classe produtiva que produzem toda a arrecadação para sustentar a saúde, a segurança e a educação públicas.

Segundo Simone Leite, o declínio da ética não influenciou os bons e grandiosos empreendedores. “Em tempos de crise moral, a Federasul reafirma que nada supera o trabalho bem feito, a busca pela excelência, a produção honesta e a moralidade nas relações públicas e privadas”, concluiu.

ÉTICA

A Senadora Ana Amélia Lemos ressaltou a referência comum nos discursos de todos que a antecederam: a ética, a responsabilidade, a honestidade e a disposição para a construção de um estado melhor, um país melhor, mais digno e mais honesto. Afirmou que os governos são hostis com os empreendedores. Para ela, não é admissível que o Governo trate mal aqueles que tem a solução para o país, gerando renda, criando empreendimentos e trazendo o desenvolvimento. Criticou a demora na liberação das licenças ambientais no Estado do RS, diferentemente de outros estados que são mais céleres. Declarou que não teve dúvidas em votar a favor da reforma trabalhista, pois era um dos fatores mais emperradores do desenvolvimento e que criava uma insegurança jurídica ao setor produtivo brasileiro. Elogiou a ACCIE pela sua postura em defesa veemente de um estado democrático de direito que preserve a segurança jurídica e que trate a lei de forma igual para todos.

Finalizando, o prefeito Luiz Francisco Schimidt afirmou que somos uma síntese de coragem, ousadia e inspiração. Parabenizou e desejou sucesso à nova diretoria e agradeceu pelo trabalho engrandecedor do grupo que deixou o comando da entidade. Finalizando, convidou a todos a cantar os parabéns a você para a ACCIE, pelos seus 99 anos. Fábio Vandruscolo e Claudionor Mores entregaram uma placa ao prefeito Schimidt homenageando o município pelo seu Centenário.

MOMENTO FESTIVO

Após o jantar, o presidente Fábio Vendruscolo recebeu uma placa com os votos de congratulações do Poder Legislativo à ACCIE, das mãos do presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Ayub, e do vereador Renan Soccol, proponente da homenagem.

Em seguida, Beatriz Brancher, juntamente com a cantora Ana Júlia, prestaram uma homenagem a Fábio. O evento encerrou com o Parabéns a Você com a presença das autoridades e ex-presidentes no palco.

Comentários estão fechados.