Prefeito reúne secretários para cortar gastos até o fim do mandato

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O prefeito Luiz Francisco Schmidt reuniu durante a semana todos os secretários, no intuito de apertar os cintos nos gastos até o final do mandato. Com o contingenciamento do governo federal na área da educação, o município deverá diminuir em a receita em mais de R$ 7 milhões.

“Estamos trabalhando com um orçamento apertado. Temos várias obras em andamento e precisamos garantir os recursos, mesmo que não sejam finalizadas na nossa gestão. Para a Escola Caras Pintadas são R$ 7 milhões, UBS do Progresso R$ 3 milhões e nos próximos dias assinaremos o contrato da Escola Maria Clara, mais R$ 3 milhões. Sendo que a Educação consome 29% do orçamento e a saúde 26%. Com isso, tivemos que cortar 50% dos recursos para o Rally e o mesmo acontecerá com o acampamento farroupilha. Com relação a Frinape, estamos realizando um estudo e na próxima semana teremos uma posição”, assegurou Schmidt.

Ainda comentou que nos primeiros três anos de mandato era possível remanejar verbas, mas no último ano fica difícil. “Nesse último ano não tem o que fazer, em função da responsabilidade fiscal”, finalizou.

Por Egidio Lazzarotto

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais