Emater/RS-Ascar ministra curso para Central Myx

A convite da Central Myx, fábrica de ração de Antônio Prado, a Emater/RS-Ascar, através da Unidade de Classificação de Erechim, ministrou um curso para 18 colaboradoras da empresa, entre elas, a Naturovos, Granja Agrícola Nicoline e Mercoaves. O curso, de 8 horas, foi ministrado pelo classificador Waldir Machado, no dia 15 de fevereiro.

As orientações tiveram ênfase em boas práticas de recebimento de grãos, mais especificamente o milho, qualidade do grão, coleta, homogeneização e classificação do milho, conforme a Instrução Normativa número 60 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Machado também enfatizou as causas da má qualidade do grão, bem como as consequências do uso do material nestas condições. De acordo com o classificador, o milho é utilizado, em média de 50 a 60% na fabricação da ração.

Em caso de alto percentual de avarias no grão, haverá problemas na qualidade final do produto. A evolução da genética e a importância da qualidade do grão na dieta nutricional dos animais e aves também foram destacadas no curso.

Outros fatores enfatizados pelo classificador que podem resultar na perda da qualidade do grão estão ligados à escolha da semente, ao manejo inadequado na colheita, no transporte, em moegas, e na armazenagem, dentre outros. Por isso, explica ele, a importância de se fazer uma boa classificação para identificar as causas das avarias do grão.

Mais informações sobre todos os serviços prestados pela Emater/RS-Ascar para garantir mais controle de qualidade nos alimentos estão disponíveis no site www.emater.tche.br – Serviços – Classificação e Certificação de Produtos. Em Erechim, as informações podem ser obtidas pelo e-mail uccerechim@emater.tche.br ou fone 54 9 9628-0509 ou 54 3522-1757 (Waldir Machado).

 

 

Comentários estão fechados.