Comercialização da uva encerra com resultado positivo

Encerrada com benção do padre André Ricardo Lopes, da Paróquia Nossa Senhora da Salete, do bairro Três Vendas, a comercialização da uva e dos produtos das agroindústrias, que estava sendo realizada desde janeiro aos domingos na Feira do Produtor, em Erechim. No local, também eram vendidos embutidos, panifícios, queijos e derivados, flores e artesanato.

Durante os cinco domingos, foram comercializadas aproximadamente 15 toneladas de uva e mais de 12 mil pessoas passaram pelo local. A venda de figo também foi bastante significativa.

A comunidade também teve a oportunidade de prestigiar apresentações artísticas e culturais, desenvolvidas na estrutura coberta montada ao lado da Feira e participar da mateada. As manifestações artísticas foram variadas desde show de humor até danças. Passaram pelo palco, o humorista Badin – o colono; Iguatemi Lamenzon e Jonathan Bettin, com voz e violão; o gaiteiro, Fermino acompanhado de Anita Tebaldi; a invernada artística do CTG Nativos do Atlântico; a Associação Vêneta Italiana Modesto e Nicola – Taliani Contenti, de Viadutos, em parceria com a Fainors; Roger Ruzezyk, com voz e violão; Grupo Folclórico Polonês Auresovia, de Áurea; Enori Chiaparini e Amigos; Grupo Folclórico Italiano Avanti com dança, canto, voz e violão; os grupos Stella Alpina e Gillé; o CTG Galpão Campeiro e o acordeonista Carlinhos Steiner abrilhantaram as tardes de domingo. Em alguns dias as crianças puderam se divertir com os brinquedos do Sesc.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, Leandro Basso, avalia o evento como satisfatório e, com comercialização superior a da edição passada, visto que em 2017, foram oito dias de comercialização. De acordo com ele, o espaço para venda dos produtos apresentou mais comodidade aos agricultores e consumidores. Os eventos culturais trouxeram grande público e a economia gerada aos cofres públicos foi bastante significativa. Basso adianta que o espaço da feira central será a casa da comercialização da uva nas próximas edições do evento.

Segundo o secretário, os expositores avaliaram positivamente o evento e praticamente todos já demonstraram interesse em participar da comercialização no ano que vem.

Comentários estão fechados.