Comercialização da uva encerra com resultado positivo

Encerrada com benção do padre André Ricardo Lopes, da Paróquia Nossa Senhora da Salete, do bairro Três Vendas, a comercialização da uva e dos produtos das agroindústrias, que estava sendo realizada desde janeiro aos domingos na Feira do Produtor, em Erechim. No local, também eram vendidos embutidos, panifícios, queijos e derivados, flores e artesanato.

Durante os cinco domingos, foram comercializadas aproximadamente 15 toneladas de uva e mais de 12 mil pessoas passaram pelo local. A venda de figo também foi bastante significativa.

A comunidade também teve a oportunidade de prestigiar apresentações artísticas e culturais, desenvolvidas na estrutura coberta montada ao lado da Feira e participar da mateada. As manifestações artísticas foram variadas desde show de humor até danças. Passaram pelo palco, o humorista Badin – o colono; Iguatemi Lamenzon e Jonathan Bettin, com voz e violão; o gaiteiro, Fermino acompanhado de Anita Tebaldi; a invernada artística do CTG Nativos do Atlântico; a Associação Vêneta Italiana Modesto e Nicola – Taliani Contenti, de Viadutos, em parceria com a Fainors; Roger Ruzezyk, com voz e violão; Grupo Folclórico Polonês Auresovia, de Áurea; Enori Chiaparini e Amigos; Grupo Folclórico Italiano Avanti com dança, canto, voz e violão; os grupos Stella Alpina e Gillé; o CTG Galpão Campeiro e o acordeonista Carlinhos Steiner abrilhantaram as tardes de domingo. Em alguns dias as crianças puderam se divertir com os brinquedos do Sesc.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, Leandro Basso, avalia o evento como satisfatório e, com comercialização superior a da edição passada, visto que em 2017, foram oito dias de comercialização. De acordo com ele, o espaço para venda dos produtos apresentou mais comodidade aos agricultores e consumidores. Os eventos culturais trouxeram grande público e a economia gerada aos cofres públicos foi bastante significativa. Basso adianta que o espaço da feira central será a casa da comercialização da uva nas próximas edições do evento.

Segundo o secretário, os expositores avaliaram positivamente o evento e praticamente todos já demonstraram interesse em participar da comercialização no ano que vem.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais