Sobe para 76 número de municípios em situação de emergência no RS por estiagem

Outros treze podem publicar decretos nos próximos dias

O número de cidades com decreto de emergência por causa da estiagem subiu para 76 nesta terça-feira (21). No último boletim da Defesa Civil estadual,  Fortaleza dos Valos e Campos Borges foram incluídos entre os municípios que decretaram situação de emergência.

Outros 13 municípios deram entrada no sistema integrado de informações sobre desastres, podendo assinar os decretos nos próximos dias. A estiagem que atinge o Estado desde dezembro é considerada a mais severa desde a safra de 2012. Segundo a Defesa Civil, a escassez de chuva em solo gaúcho deve seguir até meados de fevereiro.

Após a estiagem de 2011-2012, o Estado registrou safras recordes sequenciais. Em 2019 foram 34,6 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas — 1,5 milhão de toneladas a mais do que em 2018, segundo o IBGE. Porém, para 2020, a escassez de chuva não permitirá a supersafra estimada pelo governo.

 

Reflexo no leite

A falta de chuva também já impacta a produção de leite. Levantamento feito pelo Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado (Sindilat-RS) mostra que, nos primeiros dias de janeiro, houve recuo de cerca de 8% na média do volume captado nas propriedades rurais. Isso significa 1 milhão de litros de leite a menos chegando às unidades de processamento, onde a matéria-prima é transformada em série de itens.

Fonte: gauchazh

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais