Bacharelado em Geografia é o novo curso da UFFS

Demanda regional por profissionais para atuação no planejamento urbano e em outros campos motivou a criação do Bacharelado no Campus Erechim, que já oferta Licenciatura e Mestrado na mesma área

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim inicia 2020 com uma nova possibilidade formativa em seus cursos de Graduação: trata-se do Bacharelado em Geografia, com 25 vagas que já estão disponíveis nesta edição do Sisu. Este é o quarto Bacharelado ofertado pelo Campus, o primeiro no turno noturno.

A Instituição, que já possui o curso de Licenciatura na mesma área (ofertado nos campi Erechim e Chapecó), amplia assim a sua grade de cursos superiores gratuitos atendendo a mais uma demanda regional: a necessidade de profissionais para atuarem no planejamento, na gestão e no ordenamento territorial; sensoriamento remoto e geoprocessamento, entre outras especificidades.

Abaixo, o coordenador do curso, Reginaldo José de Souza, dá os detalhes de mais esta opção para quem deseja ingressar no Ensino Superior público. As inscrições para o Sisu já estão abertas e seguem até domingo (26) no site http://sisu.mec.gov.br/.

Como surgiu a ideia de criar o bacharelado?

Em função de todo o potencial de formação já propiciado na Licenciatura em Geografia, o grupo de docentes do curso se entusiasmou com a possibilidade da habilitação de geógrafos para atuação no mercado de trabalho em áreas mais aplicadas, com a proposta de suprir as lacunas em órgãos e instituições, empresas privadas e organizações sociais, nas áreas de planejamento, gestão e ordenamento territorial, ambiental, urbano, agrário e regional e ainda nas áreas de cartografia, sensoriamento remoto e geoprocessamento, além da educação ambiental.

A Geografia é uma ciência muito em rica em possibilidades de estudos e pesquisas sobre os desdobramentos das relações da sociedade com a natureza nos espaços urbanos e rurais. O entendimento da produção e da transformação do espaço geográfico pelos seres humanos permite conduzir ações mais adequadas em termos de uso racional dos recursos da natureza; ter um posicionamento crítico perante os problemas ambientais; compreender e criticar os processos políticos e econômicos motivadores das desigualdades sociais e suas negativas consequências para as pessoas nas cidades, no campo e nas comunidades tradicionais.

Todos esses elementos de entendimento e atuação são muito importantes para a formação de professores da Educação Básica, que já é promovida pelo nosso curso de Licenciatura de maneira muito bem qualificada, inclusive com a possibilidade de continuidade da formação através do Mestrado em Geografia. Agora, com a oferta do Bacharelado, a intenção é ampliarmos ainda mais as possibilidades de atuação dos profissionais que formamos.

A criação desta modalidade atende alguma demanda específica evidenciada pela região?

No Rio Grande do Sul há quatro cursos de Bacharelado em Geografia: na UFRGS, na Furg, na UFPel e na UFSM. São cursos relativamente distantes da região do Alto Uruguai – fator que, por exemplo, dificulta a obtenção do título de bacharel para os egressos da Licenciatura em Geografia da UFFS interessados em atuar não apenas na área educacional. Também consideramos relevante propor um Bacharelado no período noturno a fim de atender aqueles que trabalham durante o dia.

Por outro lado, consideramos a necessidade de suprir a carência, na região da UFFS, de profissionais com atribuições e competências do geógrafo, tendo em vista a recomendação de que as prefeituras tenham bacharéis em Geografia atuando no planejamento urbano, em secretarias de meio ambiente, secretarias de habitação. Este curso certamente nos permitirá uma maior aproximação com as demandas dos municípios da região e criação de parcerias institucionais para futuros projetos de colaboração em nossa área de competência.

Quem já fez a Licenciatura e gostaria de obter o Bacharelado, é possível? Como?

Quem já fez a Licenciatura poderá ingressar no Bacharelado por meio dos editais de retorno de graduado, que são periodicamente divulgados pela UFFS. Lembrando que aos egressos do curso de Licenciatura em Geografia da UFFS há a possibilidade de aproveitamento de créditos em componentes curriculares, fator que agiliza a obtenção da segunda habilitação.

Quais as áreas de atuação do Bacharel em Geografia?

Planejamento, gestão e ordenamento territorial; gestão ambiental; planejamento urbano, agrário e regional; aplicações de cartografia, sensoriamento remoto e geoprocessamento; educação ambiental.

Há mais alguma possibilidade formativa para os egressos da UFFS na área da Geografia?

Após a Graduação, tanto licenciados quanto bacharéis ainda têm a possibilidade de continuar sua formação no Mestrado em Geografia, que conta com duas linhas de investigação: “Produção do espaço urbano-regional” e “Produção do espaço e dinâmicas naturais”, pensadas com o propósito de aprimorar os conhecimentos e a formação profissional no atendimento das demandas regionais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais