Erechim fecha novembro com saldo negativo na geração de emprego

Após vários meses reagindo, em novembro, Erechim voltou fechar no negativo na geração de empregos, segundo dados fornecidos pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). A indústria e a construção civil contribuíram muito para que o município tivesse um saldo negativo de 74 empregos no mês de novembro. A construção civil teve um saldo negativo de 78 empregos, é seguido com a Indústria de transformação com 51 negativos. Já o comércio teve um saldo positivo de 32 novos empregos. Outro setor que teve um saldo positivo foi o de serviços com 23 novas vagas. O que chama atenção é a indústria que vinha fechando no positivo, e no mês de novembro demitiu mais do que contratou. Já na construção era esperado que no mês de novembro poderia continuar em queda na geração de emprego. O otimismo que se viu, por parte dos empresários durante a realização da Frinape 2018, não se refletiu na geração de empregos.

 

Por Egidio Lazzarotto

 

 

Comentários estão fechados.