Projeto Jovem Cooperativo promove excursão para a cidade catarinense Seara

Um grupo de jovens participantes do Projeto Jovem Cooperativo, de Erval Grande, e entidades parceiras realizaram excursão educativa para conhecimento de experiências de produção orgânica em unidades de produção familiar e visitação ao museu entomológico na cidade catarinense de Seara. A visita, realizada na segunda-feira (18/12), integra a Rota Turística Rural Saberes e Sabores no Vale das Borboletas. O grupo foi acompanhado do presidente e funcionários da Cooperativa dos Pequenos produtores de Erval Grande (Cooperval), de representantes do poder público, instituições financeiras parceiras, familiares e extensionistas da Emater/RS-Ascar.

Pela parte da manhã os visitantes conheceram a experiência de produção orgânica da família Vani e Deitos que está instalada na Linha São Paulo, interior de Seara, desde 1946 e em 1987 adotou a produção orgânica como prioridade. Certificados pelo Sistema Participativo de Garantia (SPG) através da Rede Ecovida de Agroecologia, nos 12,5 hectares de área produtiva e preservada, a família cultiva essencialmente alimentos orgânicos, em equilíbrio com o meio ambiente. O adubo é produzido na propriedade através de compostagem enriquecida com pó de rocha, todas as nascentes são protegidas e uma cisterna capta a água de chuva. Após, o grupo conheceu a experiência de três jovens que largaram o emprego na cidade para produzir morangos orgânicos e certificados no meio rural e agroindustrializar as frutas produzida, criando em 2014 a Di Vitta Alimentos. Segundo os idealizadores, foi a vontade de fazer diferente e de fazer história que fez surgir uma empresa comprometida com o futuro, voltada a oferecer produtos de qualidade e que proporcionem bem-estar às pessoas.

Ao meio dia, todos participaram de um almoço no restaurante rural Eco Sítio Lindo, na propriedade do produtor Lindomar Cosmann. No local, a família desenvolve a produção integrada com ovelhas e fruticultura (nogueira pecã), produção vitivinícola colonial, agroindústria familiar para a produção de doces de frutas e geleias orgânicas, além de frutas in natura. No mesmo sítio também são desenvolvidas apresentações teatrais que rementem ao contexto histórico da agricultura familiar.

A comitiva também visitou tecnologias sociais em bioconstruções na família Zuchi, que reside em uma casa bioconstruída, edificada com materiais alternativos disponíveis na propriedade (terra, pedra, madeira, bambu…) e conheceu o funcionamento de um biodigestor de dejetos humanos (biodigestor sertanejo) e de animais que produz gás para abastecimento da residência, além de aproveitamento da luz solar para aquecimento da água. A viagem encerrou com visita ao Museu Fritz Plaumann, que também integra a Rota Turística Rural Saberes e Sabores no Vale das Borboletas. O museu foi idealizado e realizado pelo entomólogo Fritz Plaumann, o maior museu de insetos da América Latina localizado no distrito de Nova Teotônia, local que se tornou um pedacinho de Alemanha no interior de Seara. O acervo conta com 80 mil insetos de 17 mil diferentes espécies.

Para o extensionista da Emater/RS-Ascar de Erval Grande Juliano Galina, “a excursão foi valiosa no sentido de buscar novas experiências para aplicar no município. E possibilitou aos jovens visualizarem as possibilidades e oportunidades da agricultura para permanecerem no campo”.

Na avaliação do presidente da Cooperval Neri Valssoler, a viagem foi espetacular, um investimento para a cooperativa e entidades parceiras, quanto para os jovens participantes do projeto para que pudessem observar e ver na prática as experiências exitosas na agricultura familiar, demonstrando que é possível, mesmo em terras com relevo acidentado viver com qualidade de vida. O jovem Lucas Fantichele participante do projeto jovem cooperativo complementa afirmando que “a viagem foi de incrível proveito e uma ótima oportunidade de adquirir conhecimento e conhecer experiências mais ecológicas e saudáveis”.

As visitações contaram com o acompanhamento técnico e logístico da Cooperativa de Crédito Rural Seara (Crediseara) que presta variados serviços à comunidade local onde, com as demais entidades, constroem e realizam ações alternativas para o desenvolvimento sustentável do campo e da cidade de Seara.

O Projeto Jovem Cooperativo é executado pela Cooperval e Emater/RS-Ascar e conta com a parceria de Cresol, Sicredi, Crehnor, Banrisul, Paróquia Nossa Senhora da Glória e as prefeituras de Erval Grande, Faxinalzinho, Benjamin Constant do Sul, São Valentim e de Itatiba do Sul. O projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento rural sustentável das famílias e da cooperativa, qualificando o jovem rural neste processo. O lançamento do projeto aconteceu no dia 02 de julho de 2016 e está no seu 11º encontro de qualificação.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais