Prefeitura de Barra do Rio Azul lança programa de incentivo aos suinocultores

Este ano a Prefeitura vai investir o valor de 160 mil reais para 40 suinocultores

19

No data em que comemora o dia do colono, 25 de julho, na comunidade de Bela Vista, a Administração Municipal de Barra do Rio Azul lançou o Programa Municipal de Incentivo aos Suinocultores.

Na solenidade de lançamento estiveram presentes, o prefeito Marcelo Arruda, vice-prefeito, Maximino Basso, presidente da Câmara de Vereadores, Silvino Madalozzo, secretário municipal da Agricultura, Benildo Trentin, gerente municipal da Emater, Jair Zorzanello, presidente do Núcleo Municipal de Suinocultores, Evaldo Fiabani, representante da comunidade de Bela Vista, Amarildo Ottoni, representantes da Coperalfa e Copérdia, secretários municipais e vereadores.

No ato de lançamento, o Governo Municipal reuniu os suinocultores que serão beneficiados com os recursos financeiros e de forma simbólica entregou os 160 mil que estarão disponíveis para os 40 agricultores neste ano, com o desenvolvimento do Programa Municipal.

Em seu pronunciamento, o prefeito Marcelo Arruda, parabenizou os colonos e motorista pelo seu dia e destacou a importância destas duas classes para o município, estado e país. Agradeceu os vereadores que aprovaram por unanimidade o projeto de lei. “Nós desde o início da Administração, tivemos a preocupação de ajudar os nossos agricultores a permanecer no município. Somente em 6 meses já foram investido cerca de 60 mil reais em hora máquina. Sobre este programa de incentivo, tivemos esta situação que estava preocupando os suinocultores, e fizemos um levantamento de quais os valores necessários. Então como decisão, junto com os secretários municipais, buscamos economizar e desta economia conseguimos os recursos necessários para ajudar nossos agricultores. O nosso compromisso é ajudar a permanecer na agricultura e terão todo o apoio necessário da Administração Municipal”, falou Marcelo.

A implantação deste Programa no Município tem uma importância muito grande, além da suinocultura ser uma atividade geradora de emprego e renda, auxilia na manutenção dos Agricultores nessa importante atividade agrícola.

O cercamento das pocilgas é uma exigência sanitária. A adequação das propriedades deve ocorrer até o final do presente ano. Com isso, a Administração Municipal, por meio deste programa, vai efetuar o repasse de 75% das despesas necessárias, limitadas ao valor de até R$ 15.000,00 (Quinze mil reais), para adequação de cada pocilga de propriedade dos agricultores inscritos para participar do Programa.

Com o recurso financeiro, o suinocultor poderá adquirir cercas/telas, portões, palanques/estacas, cimento, areia e pedras para confecção da base para instalação da cerca, tudo de acordo com a orientação e supervisão dos técnicos do Município e da Emater/RS – ASCAR e das empresas integradoras.

A contribuição deste Programa Municipal é essencial para a diminuição do êxodo rural, oportunizando as famílias a permanência no campo, produzindo alimentos e elevando seu nível socioeconômico.

O Município assegurará que pelo menos até 40 (quarenta) Agricultores por ano, sejam beneficiados com o desenvolvimento do Programa Municipal, podendo este número ser ampliado, caso existam recursos financeiros disponíveis.

O Programa será desenvolvido pela Municipalidade sob a Coordenação da Secretaria Municipal da Agricultura, em parceria com a Emater/RS-ASCAR e Conselho Municipal de Agricultura.

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.