Reforços para dupla Grenal

Inter
O mais recente reforço do Internacional para o Campeonato Brasileiro, Jonatan Álvez, 30 anos, chega para disputar posição com Leandro Damião. Em 2018, Damião ainda não conseguiu dar a resposta que se espera de um verdadeiro camisa 9. A falta de gols e as frequentes lesões obrigaram a direção colorada ir ao mercado buscar uma alternativa. Apesar de ser um goleador nato, Álvez é um centroavante móvel, que lembra um velho conhecido do torcedor, Nilmar. O uruguaio é veloz e tem boa finalização. Com exceção do Junior Barranquilla, Jonatan Álvez deixou boas estatísticas nos clubes em que passou. O histórico de problemas extracampo é o que mais preocupa, mas acredito que tenha sido uma boa contratação.

Grêmio
Além da possibilidade de novas saídas na janela de transferência, o principal assunto pelos lados do Humaitá é o atacante Marinho. Qual Marinho vestiu a camisa tricolor? Aquele do Vitória, que se tornou um dos melhores jogadores do Campeonato Brasileiro de 2016, ou o de grande parte de sua carreira, que não conseguiu se firmar por onde passou. Acredito que a vinda de Marinho está atrelada a uma eventual saída de Everton ou Luan. O histórico do jogador alagoano não me permite afirmar que o tricolor fez um bom negócio. Apesar dos seus 28 anos, Marinho não deixa de ser uma aposta que Renato Portaluppi e o Grêmio fazem em um atleta que sempre foi tratado como promessa de grande jogador, mas que nunca confirmou, à exceção da temporada de 2016 pelo Vitória.

 

Por Fabio Lazzarotto

Comentários estão fechados.