Estudantes surdas da Escola Santo Agostinho conhecem o Colosso da Lagoa

A visita aconteceu na última quinta-feira (19), elas tiveram a oportunidade de conhecer a história do Ypiranga

Na última quinta-feira (19), o Colosso da Lagoa recebeu a visita de um grupo de estudantes surdas do 5º, 6º e 7º anos da Escola Santo Agostinho. Acompanhadas pela Professora Aline Teles e também ela professora surda Eudézia Martins, e as Intérpretes de Libras, Vera Galli e Josiane da Silva, conheceram a história do estádio e também do Ypiranga.

A visita faz parte do Projeto Erechim: 100 anos de história e tem como objetivo levar as estudantes a conhecer alguns dos lugares importantes da nossa cidade. Segundo as professoras, como algumas estudantes moram em outras cidades foi muito importante a visita para que elas pudessem apreciar a beleza e conhecer o estádio, que é o maior do

interior do RS. Na oportunidade, foram acompanhadas pela acadêmica de educação Física e atleta Stefany Krebs, também surda.

Durante a visita elas também tiveram a oportunidade de esclarecer algumas dúvidas sobre a acessibilidade no estádio, e de que maneira o Ypiranga vem se adaptando para atender os seus torcedores que necessitam de necessidades especiais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais