Estudantes surdas da Escola Santo Agostinho conhecem o Colosso da Lagoa

A visita aconteceu na última quinta-feira (19), elas tiveram a oportunidade de conhecer a história do Ypiranga

Na última quinta-feira (19), o Colosso da Lagoa recebeu a visita de um grupo de estudantes surdas do 5º, 6º e 7º anos da Escola Santo Agostinho. Acompanhadas pela Professora Aline Teles e também ela professora surda Eudézia Martins, e as Intérpretes de Libras, Vera Galli e Josiane da Silva, conheceram a história do estádio e também do Ypiranga.

A visita faz parte do Projeto Erechim: 100 anos de história e tem como objetivo levar as estudantes a conhecer alguns dos lugares importantes da nossa cidade. Segundo as professoras, como algumas estudantes moram em outras cidades foi muito importante a visita para que elas pudessem apreciar a beleza e conhecer o estádio, que é o maior do

interior do RS. Na oportunidade, foram acompanhadas pela acadêmica de educação Física e atleta Stefany Krebs, também surda.

Durante a visita elas também tiveram a oportunidade de esclarecer algumas dúvidas sobre a acessibilidade no estádio, e de que maneira o Ypiranga vem se adaptando para atender os seus torcedores que necessitam de necessidades especiais.

Comentários estão fechados.