“Indústrias de Erechim terão matéria-prima para os próximos cinco dias”, alerta presidente da ACCIE, Fábio Vendruscolo

Na tarde desta sexta-feira (20), aconteceu uma importante reunião com a direção da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim (ACCIE), para realizar uma avaliação após decreto de Calamidade Pública pelo governo federal, estadual e municipal. “Com os empresários que conversei na reunião, a situação é complicada para as indústrias de Erechim. A maioria tem matéria-prima apenas para os próximos cinco dias e depois, terão que parar suas atividades. Mas é claro, temos que estar cientes que a vida é mais valiosa do que tudo”, disse Vendruscolo.

Outra preocupação do presidente da ACCIE refere-se aos frigoríficos e seus integrados. “Em Erechim temos outra preocupação, os integrados de aves e suínos. Começa a faltar matéria-prima para produzir a ração e com isso, poderemos ter perdas irreparáveis”, finalizou.

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais