Caixa lança linha de crédito imobiliário com taxa de juros fixa

Na nova modalidade de financiamento taxa pode ser de 8% a 9,75% ao ano. Crédito poderá ser contratado a partir desta sexta-feira (21) e vale para até 80% do imóvel

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Caixa Econômica Federal lançou nesta quinta-feira (20), em evento no Palácio do Planalto, sua primeira linha de crédito para a casa própria com taxa de juros fixa.

Segundo a Caixa, a nova modalidade de crédito terá taxa de juros de 8% até 9,75% ao ano, válida para imóveis residenciais novos e usados. Poderá ser financiado até 80% do imóvel (veja mais abaixo os detalhes sobre a linha de crédito).

As contratações pela nova linha poderão ser feitas a partir de sexta-feira (21). A Caixa vai disponibilizar R$ 10 bilhões. A linha com taxa fixa não terá correção como outras linhas de crédito, cujas taxas variam de acordo com a Taxa Referencial (TR) ou a inflação (IPCA).

Segundo informou a Caixa, o cliente poderá escolher entre sistemas de amortização SAC, para contratos de até 360 meses, e Price, para financiamentos em até 240 meses.

Ainda continuam disponíveis para o público as outras modalidades já existentes de financiamento da casa própria, com taxas corrigidas pela TR ou pelo IPCA.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a modalidade da taxa fixa tem as seguintes vantagens:

  • Transferência do risco do cliente para o banco
  • Previsibilidade das prestações
  • Possibilidade de securitização, ou seja, de venda de carteira

Ele disse ainda que o novo modelo alinha o Brasil às práticas de mercados maduros, como os Estados Unidos.

O presidente o Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou em discurso que a opção de crédito imobiliário com taxas prefixadas é um “passo importante”, por apresentar uma nova opção no mercado.

“Financiamento com taxa pré [fixadas] são importante passo. Queremos mais opções, mais competição e menor custo”, disse.

Campos Neto destacou que o lançamento da Caixa foi possível graças ao cenário geral da economia do país, com taxa de juros e inflação baixas.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, que também discursou no evento, afirmou que, o governo, quando formula políticas econômicas pensa “em todos os brasileiros e, particularmente, nos mais humildes”.

Detalhes da nova linha de crédito

A Caixa definiu critérios para estabelecer os valores de taxas taxas fixas. Há condições diferentes para correntistas do banco e para servidores públicos, por exemplo.

Taxa mínima

Pagarão a taxa mínima os clientes que, segundo a Caixa, se encaixarem em critérios “diferenciados”, a serem avaliados pelo banco caso a caso. Para esses clientes, as taxas serão:

  • Financiamento em até 10 anos: 8%
  • Financiamento em até 20 anos: 8,5%
  • Financiamento em até 30 anos: 9%

Taxas para correntistas servidores públicos

Nesse caso, além de correntistas e servidores, os clientes devem ter algum algum serviço contratado com o banco (como um seguro).

  • Financiamento em até 10 anos: 8,25%
  • Financiamento em até 20 anos: 8,75%
  • Financiamento em até 30 anos: 9,25%

Taxas para correntistas que não são servidores públicos

Também para quem não é servidor vale a regra de ter algum serviço contratado com o banco.

  • Financiamento em até 10 anos: 8,5%
  • Financiamento em até 20 anos: 9%
  • Financiamento em até 30 anos: 9,5%

Taxa para quem não é correntista

  • Financiamento em até 30 anos: 9,75%

Portabilidade

  • Para contratos da Caixa: no momento não é possível mudar de modalidade – sair de TR para taxa fixa ou de IPCA para taxa fixa, por exemplo. O banco estuda permitir essa portabilidade no futuro.
  • Para contratos de outros bancos: o cliente que tem financiamento corrigido pela TR em banco privado poderá migrar para o modelo de taxa fixa da Caixa.

Valores das prestações

A taxa de juros é fixa, mas os valores das prestações variarão conforme o sistema de amortização, que estabelecem durações máximas diferentes dos contratos (20 ou 30 anos).

  • SAC: O valor da prestação será decrescente. O tempo máximo de financiamento é de 360 meses – 30 anos.
  • PRICE: A prestação terá um valor fixo. O tempo máximo de financiamento é de 240 meses – 20 anos.

Fonte: G1

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais