Erechim ingressa na bandeira vermelha

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

As três áreas que integram a macrorregião Norte do Estado aparecem agora em classificação de risco alto, ingressaram na bandeira vermelha.

Igualmente beneficiada por recurso na semana em vigor, a região de Passo Fundo apresentou, na quinta-feira (19/11), 84 infectados em leitos clínicos – eram 60 na semana anterior. No acumulado da semana, são 87 internações em leitos clínicos (nos sete dias anteriores, foram 66). Mesmo com estabilização na ocupação de UTI pela Covid-19 (34 casos nas duas semanas), a região viu reduzir de 48 para 40 as unidades de tratamento intensivo disponíveis.

Erechim quase dobrou a soma de pessoas em leitos clínicos ao longo de sete dias (de 17 para 33 pacientes). Preocupa mais ainda o salto que a região deu na ocupação de UTI por Covid-19 (de 6 para 11) e por SRAG (de 6 para 12 casos).

Mesmo com ligeira estabilidade em termos de ocupação de leitos de UTI, a região de Palmeira das Missões também apresentou aumento no acumulado de uma semana para outra em termos de hospitalizações (24 para 28), mas a situação macrorregional foi determinante para a classificação de alto risco.

A região de Caxias do Sul aparece em bandeira vermelha depois de ver aumentar a ocupação de leitos de UTI. Houve cinco registros a mais, de uma semana para outra, em tratamento intensivo tanto para casos de Covid-19 (de 74 para 79 pacientes) como para SRAG (90 para 95 pessoas). A região teve queda de 74 para 65 no total de leitos de UTI livres entre um levantamento e outro e houve aumento no acumulado de sete dias nas hospitalizações em leitos clínicos, de 111 para 137 pacientes.

Fonte: Governo do Estado RS

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais