Atlântico vence o Marau e amplia liderança da LGF

Galo abre quatro pontos da vantagem antes da parada para disputa do primeiro jogo pelas oitavas de final da LNF

O Atlântico conquistou um importante resultado na tarde desta sexta-feira, feriado de 20 de Setembro, ao vencer a AMF Marau pelo placar de 4 a 1, pela primeira fase da Liga Gaúcha de Futsal. No dia em que completou 104 anos de fundação, o Galo também conseguiu ampliar a liderança da competição estadual, chegando aos 32 pontos e abrindo quatro do vice-líder, Guarany.

Para o fixo Silva, a equipe buscou em quadra o objetivo traçados antes de a partida começar. “Projetamos vencer e trabalhamos muito para isso. Conseguimos ter calma quanto necessário, trabalhar a bola e chegar aos gols. Agora é foco no Pato, para o primeiro jogo pelas oitavas da Liga Nacional”, disse.

Sobre a partida diante do Pato, Silva se referia também a semana que o Galo terá pela frente até o primeiro jogo pela próxima fase da Liga Nacional, que será no próximo sábado, dia 28, em Erechim. Até lá, nenhum jogo será realizado.

A partida desta sexta também marcou o retorno do goleiro Careca, que atuou na etapa final. Ele estava fora se recuperando de uma cirurgia. “Estou muito feliz por poder voltar e ficar a disposição”, frisou o goleiro.

O jogo

Na partida, o Atlântico começou cedo a definir o placar. Logo a 14 segundos, após escanteio, Barbosinha surgiu na área para desviar e fazer 1 a 0.

Pouco depois, em jogada parecida, escanteio e desta vez Allan concluiu fazendo 2 a 0 a 1min10.

Allan ainda marcaria outro belo gol no jogo. Aos 4min11, ele recebeu na frente e na saída do goleiro Cris tocou por cobertura para fazer 3 a 0.

O Marau descontou com Bruno, após lançamento do goleiro Cris. Ele recebeu no ataque e tocou na saída do goleiro Jackson.

Mas ainda na primeira etapa, a 12min49, Silva recebeu no meio e arriscou de longe pegando Cris de surpresa: 4 a 1.

Com o placar a seu favor, o Atlântico passou a administrar a vantagem na etapa final. Mesmo assim, ainda teve boas chances, porém o placar terminaria mesmo em 4 a 1.

 

Comentários estão fechados.