Atlântico completa 104 de fundação

Foi em 20 de setembro de 1915, que em Erechim, um grupo de imigrantes italianos, fundaram a Societá Italiana di Mutuo Soccorso XX de Setembro, que viria a ser denominada anos mais tarde de Clube Esportivo e Recreativo Atlântico.

Entre algumas trocas de nomes constam Benite Mussolini, Carlo Del Prete, Sociedade Esportiva e Recreativa Atlântico, Atlântico “Foot Ball Club”, e finalmente Clube Esportivo e Recreativo Atlântico, que tomou em 1940 e mantém até hoje.

Em 1999, o Futsal começava a ganhar força dentro do Clube com a disputa da Série Bronze (terceira divisão), do Campeonato Gaúcho.

De lá para cá, o Clube entrou para a história do esporte no País, sendo atualmente um dos três que a mais tempo disputa a Liga Nacional de Futsal (junto com Minas e ACBF), além de se tornar um dos mais importantes da Liga Gaúcha.

A história foi escrita com conquistas como o bicampeonato da Taça Brasil, a conquista da Libertadores da América e o Mundial de Clubes, além de tantas outras.

O dia 20 de setembro também é emblemático na história do Rio Grande do Sul, marcando o Fim da Revolução Farroupilha, em uma data que também ficou pode ser denominada como Dia do Gaúcho.

E para marcar esta data, nesta sexta-feira, tem jogo do Atlântico, diante da AMF Marau, pela Liga Gaúcha de Futsal, a partir das 17h, no Ginásio Caldeirão do Galo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais