Atlântico completa 104 de fundação

Foi em 20 de setembro de 1915, que em Erechim, um grupo de imigrantes italianos, fundaram a Societá Italiana di Mutuo Soccorso XX de Setembro, que viria a ser denominada anos mais tarde de Clube Esportivo e Recreativo Atlântico.

Entre algumas trocas de nomes constam Benite Mussolini, Carlo Del Prete, Sociedade Esportiva e Recreativa Atlântico, Atlântico “Foot Ball Club”, e finalmente Clube Esportivo e Recreativo Atlântico, que tomou em 1940 e mantém até hoje.

Em 1999, o Futsal começava a ganhar força dentro do Clube com a disputa da Série Bronze (terceira divisão), do Campeonato Gaúcho.

De lá para cá, o Clube entrou para a história do esporte no País, sendo atualmente um dos três que a mais tempo disputa a Liga Nacional de Futsal (junto com Minas e ACBF), além de se tornar um dos mais importantes da Liga Gaúcha.

A história foi escrita com conquistas como o bicampeonato da Taça Brasil, a conquista da Libertadores da América e o Mundial de Clubes, além de tantas outras.

O dia 20 de setembro também é emblemático na história do Rio Grande do Sul, marcando o Fim da Revolução Farroupilha, em uma data que também ficou pode ser denominada como Dia do Gaúcho.

E para marcar esta data, nesta sexta-feira, tem jogo do Atlântico, diante da AMF Marau, pela Liga Gaúcha de Futsal, a partir das 17h, no Ginásio Caldeirão do Galo.

Comentários estão fechados.