Seminário regional debate a ovinocultura no Alto Uruguai

Com o objetivo de qualificar a ovinocultura em Jacutinga e na região, a prefeitura e a Emater/RS-Ascar promoveram o 3º Seminário Regional de Ovinocultura do Alto Uruguai e 2º Simpósio Municipal de Ovinocultura. Os eventos realizados na sexta-feira (16/08), na Câmara de Vereadores reuniu produtores ligados a atividade, lideranças municipais e regionais, extensionistas da Emater/RS-Ascar e convidados. Na região, de acordo com levantamento realizado pela Emater/RS-Ascar, em 2016, havia 114 produtores envolvidos com a criação e ovelhas, sendo 102 para produção de carne e sete para produção de carne e lã e cinco cabanas para reprodução. As principais raças identificadas são Texel, Ile de France, Sufolk e Santa Inês, totalizando um rebanho de 3.630 cabeças. Em Jacutinga, segundo dados da Inspetoria Veterinária Municipal, são 27 ovinocultores com um rebanho de 503 cabeças.

O evento contou com as palestras técnicas de Rafael Paim, da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), que apresentou um panorama da situação atual da atividade, do médico veterinário Wilson Radelli (proprietário da Cabanha Cortez), que falou sobre as condições econômicas da ovinocultiura, e do técnico em Agropecuária e extensionista rural do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Viadutos, Alceu Lira, que relatou sua experiência com a criação de ovelhas.

Na oportunidade, também foi lançado o Programa Municipal de Incentivo à Ovinocultura. De acordo o prefeito de Jacutinga, Carlos Alberto Bordin, o programa visa fomentar a atividade no município. O gerente regional adjunto do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar, Marcos Gobbo, parabenizou a prefeitura, a equipe do Escritório Municipal, e os demais parceiros do evento. Também se pronunciaram o presidente da Câmara de Vereadores, Ronaldo Bordin, secretário municipal da Agricultura, Ariel Nava, entre outras lideranças.

O evento encerrou com jantar com receitas produzidas à base de carne de carneiro, na comunidade Barão Hirsch.

 

Comentários estão fechados.