Criado 13º salário para Bolsa Família: constrangimento para os partidos de extrema direita e esquerda

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Pela primeira vez desde que venho acompanhando política, um presidente da República consegue dar um “cala boca“ nos partidos políticos, tanto para extrema direita e também para os esquerdistas sobre o Bolsa Família. O programa foi criado durante o governo Fernando Henrique por um partido de centro, que o PT se adonou como se fosse um projeto do Partido dos Trabalhadores. Daí por diante os partidos de direita começaram a fazer duras críticas ao programa social: “que nós vivíamos num país do bolsa para tudo e não de trabalho e que muita gente preferia não trabalhar porque recebia o bolsa família”. Agora o presidente Jair Bolsonaro consegue dar um golpe de mestre contra a direita e também da esquerda e cria o 13º salário para quem recebe o Bolsa Família.

A esquerda que durante a campanha dizia que se Bolsonaro ganhasse a eleição iria acabar com Bolsa Família, agora vê que o presidente Bolsonaro está ampliando ainda mais o programa com décimo terceiro. Enquanto que a direita que sempre foi um crítico ao PT por caso do bolsa família, agora vê o seu presidente ampliar o programa.

Diante deste constrangimento todo, os partidos de centro ligados à Fernando Henrique,  o “pai do bolsa família”, estão só observando. Espero que não façam campanha política como um belo programa social como acontecia com os partidos de extrema direita e de extrema esquerda. No meio disso tudo o que se espera é que o Governo Federal através das prefeituras consiga fazer uma fiscalização eficiente e que exclua do programa, todos os “espertinhos” que se beneficiam do Bolsa Família, sem ter direito.

 

Por Egidio Lazzarotto

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais