Quilombolas integram grupo que participa de curso sobre Boas Práticas de Fabricação em Erechim

Um grupo de dez produtores da região do Alto Uruguai e de outras regiões do Estado está em Erechim participando do curso de Boas Práticas de Fabricação, direcionado a produção vegetal, ministrado no Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre). A capacitação iniciou na segunda-feira (16/04) e se entende até sexta-feira (20/04). As participantes do curso Doraci de Fátima Marques da Silva, Elsa de Matos Feistler e Lucilene da Silva integrantes da comunidade quilombola Júlio Borges de Salto do Jacuí.

Elsa de Matos, 56 anos, contou que existe um projeto do Feaper, para ser instada na comunidade quilombola de Salto do Jacuí, uma agroindústria voltada a produção de panificação o que despertou seu interesse em realizar o curso. Dá para aprender bastante no curso. Pretendo iniciar com a produção e também repassar o conhecimento para outras pessoas da minha comunidade”, contou. Elsa adiantou que pretende participar de outros cursos no Cetre na área de farináceos.

Lucilene, de 31 anos, também destacou a implantação da padaria no quilombo, para sua participação no curso. “Todo o conhecimento é importante. A parte da higienização e nas outras áreas”. Ela também participa do curso pela primeira vez e já está entusiasmada para realizar outros cursos na área de panificação.

O conteúdo teórico e prático está sendo ministrado pelos instrutores da Emater/RS-Ascar, Carlos Angonese, Emanuele Bieniek e Adriana Menlak.

O grupo visita a agroindústria Que Delícia, em Paulo Bento, que faz parte da programação do curso.

Comentários estão fechados.