Consórcio Stacione faz prestação de contas ao município

Tendo como local o Salão Nobre da Prefeitura Municipal, o Consórcio Stacione Rotativo realizou na manhã desta quinta, com a presença da Direção, secretários municipais, vereadores, imprensa e demais convidados, a primeira prestação de contas ao município, oportunidade em que apresentou os números levantados até o momento, como fez o repasse simbólico de valores, referentes desde a abertura no dia 19 a 31 de março, ao prefeito municipal, Luis Francisco Schmidt e ao presidente da AGER, Juares Sandri.

Na abertura dos trabalhos, o secretário municipal de Obras, Vinicius Anziliero destacou que a administração passou um ano buscando o melhor sistema para o Município. “Hoje, estamos contentes com as facilidades das ferramentas disponíveis pelo sistema, como de todo o andamento de funcionamento, destacando que o nosso interesse não é o de arrecadar, mas sim rotacionar, facilitando a vida da comunidade que utiliza este serviço”.Anziliero também ressaltou a oportunidade de grande importância, momento em que se pode mostrar o sistema funcionando no Município como da entrega do valor mensal a administração municipal e a AGER. “Podemos aplicar os recursos diretamente nas melhorias da cidade na área de mobilidade urbana e no trabalho dos guardas municipais”.

Na apresentação dos números, o Consultor Técnico da Stacione, Rafael Rosa, destacou que hoje ocorre uma ocupação total de 33% dentro das 1.934 vagas, destas 28% pagam o rotativo, o que ele vê como muito positivo, visto ser um cenário diferente de outros municípios que possuem a área azul. “Um resultado positivo de 90% em um universo de 100%”. O Stacione possui 40 funcionários operando com 28 parquímetros, número que deve aumentar a partir da implantação da área verde.

Com relação ao uso dos parquímetros, o secretário ressaltou que a população está se adaptando aos aplicativos, como está pagando diretamente com as monitoras de trânsito. Também deixou claro que, desde a sua implantação, as notificações tiveram uma grande baixa, hoje estando na casa das cinco diária. “Queremos baixar para 0”.

No repasse simbólico, entre o município e a AGER, o montante é de R$ 15,284.68, (R$ 2.445,56 a AGER e R$ 12.839,56 ao Executivo) sendo que há uma previsão de imposto sobre a arrecadação, que também ficará nos cofres municipais, de R$ 20.421,67.

Finalizando, foi apresentado um vídeo onde se pode ver como ficará a ampliação com a adoção da área verde, futuramente, como outros detalhes respectivos ao seu funcionamento. “Estaremos, em breve, realizando uma pesquisa de satisfação junto a nossa comunidade”, frisou Rafael aos presentes.

Comentários estão fechados.