Consórcio Stacione faz prestação de contas ao município

Tendo como local o Salão Nobre da Prefeitura Municipal, o Consórcio Stacione Rotativo realizou na manhã desta quinta, com a presença da Direção, secretários municipais, vereadores, imprensa e demais convidados, a primeira prestação de contas ao município, oportunidade em que apresentou os números levantados até o momento, como fez o repasse simbólico de valores, referentes desde a abertura no dia 19 a 31 de março, ao prefeito municipal, Luis Francisco Schmidt e ao presidente da AGER, Juares Sandri.

Na abertura dos trabalhos, o secretário municipal de Obras, Vinicius Anziliero destacou que a administração passou um ano buscando o melhor sistema para o Município. “Hoje, estamos contentes com as facilidades das ferramentas disponíveis pelo sistema, como de todo o andamento de funcionamento, destacando que o nosso interesse não é o de arrecadar, mas sim rotacionar, facilitando a vida da comunidade que utiliza este serviço”.Anziliero também ressaltou a oportunidade de grande importância, momento em que se pode mostrar o sistema funcionando no Município como da entrega do valor mensal a administração municipal e a AGER. “Podemos aplicar os recursos diretamente nas melhorias da cidade na área de mobilidade urbana e no trabalho dos guardas municipais”.

Na apresentação dos números, o Consultor Técnico da Stacione, Rafael Rosa, destacou que hoje ocorre uma ocupação total de 33% dentro das 1.934 vagas, destas 28% pagam o rotativo, o que ele vê como muito positivo, visto ser um cenário diferente de outros municípios que possuem a área azul. “Um resultado positivo de 90% em um universo de 100%”. O Stacione possui 40 funcionários operando com 28 parquímetros, número que deve aumentar a partir da implantação da área verde.

Com relação ao uso dos parquímetros, o secretário ressaltou que a população está se adaptando aos aplicativos, como está pagando diretamente com as monitoras de trânsito. Também deixou claro que, desde a sua implantação, as notificações tiveram uma grande baixa, hoje estando na casa das cinco diária. “Queremos baixar para 0”.

No repasse simbólico, entre o município e a AGER, o montante é de R$ 15,284.68, (R$ 2.445,56 a AGER e R$ 12.839,56 ao Executivo) sendo que há uma previsão de imposto sobre a arrecadação, que também ficará nos cofres municipais, de R$ 20.421,67.

Finalizando, foi apresentado um vídeo onde se pode ver como ficará a ampliação com a adoção da área verde, futuramente, como outros detalhes respectivos ao seu funcionamento. “Estaremos, em breve, realizando uma pesquisa de satisfação junto a nossa comunidade”, frisou Rafael aos presentes.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais