Em abertura do ano letivo, presidente Alderi Oldra celebra professores e cobra melhores salários

Na última terça-feira (19), o presidente do Poder Legislativo, Alderi Oldra (PT), e a vereadora Eni Scandolara (Progressistas) representaram a Câmara Municipal na abertura oficial do ano letivo de 2019, em atividade realizada pelo Poder Executivo, através da Secretaria Municipal de Educação.

A atividade, realizada no Salão de Eventos da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) – Campus Erechim, contou também com a presença do prefeito Luiz Francisco Schmidt, do vice Marcos Lando, da secretária de Educação Vanir Bombardelli, da coordenadora adjunta da 15ª CRE, Andreia Lazari Ascari, da vice-presidente do Conselho Municipal de Educação, Denise Sponchiado, da adjunta da secretaria Angela Socol e do Diretor Geral da URI, Paulo Roberto Giollo.

Em seu pronunciamento, o presidente do Legislativo celebrou o início de mais um ano para a comunidade escolar, mesmo diante das dificuldades enfrentadas atualmente. “Que bom poder recomeçar, pois quem sabe o que tem que ser feito dentro da sala de aula são os professores, pois nos preparamos para isso, mas o que nos preocupa é quando governos tomam decisões, a exemplo do não atendimento de cursos técnicos como do Colégio Haidée, situação que felizmente conseguimos reverter”, destacou.

Equiparação salarial

O presidente enfatizou, ainda, a necessidade do cumprimento da Lei nº 13005/2014, que dispõe sobre o Plano Nacional de Educação. Segundo ele, a meta que trata da equiparação salarial de professores em relação às demais categorias que trabalham em educação está longe de ser alcançada. “Hoje o salário dos professores é cerca de 50% menor que os destas categorias, como, por exemplo, contadores, engenheiros, nutricionistas e psicólogos. Legislativo e Executivo têm que unir esforços para começar a implementar isso, não estamos cumprindo a lei que foi estabelecida”, atentou Oldra.

Comentários estão fechados.